Educação 77% dos alunos se sentem tristes na pandemia, aponta pesquisa

77% dos alunos se sentem tristes na pandemia, aponta pesquisa

Estudo encomendado pela Fundação Lemann e Itaú Social ouviu pais ou responsáveis por 1.556 estudantes da rede pública municipal e estadual

Risco de evasão escolar aumenta, aponta pesquisa

Risco de evasão escolar aumenta, aponta pesquisa

Pixabay

Pesquisa feita pelo Datafolha encomendada pela Fundação Lemann, Itaú Social e Imaginable Futures ouvi pais ou responsáveis por 1.556 estudantes da rede pública municipal e estadual do país. Está é a terceira fase do estudo, que traça um panorama da educação brasileira neste período de pandemia.

Leia mais: Risco de evasão em escolas públicas chega a 31%, diz pesquisa

Os dados mostram que 71% dos estudantes brasileiros se sentem tristes, ansiosos, irritados ou sobrecarregados neste período de quarentena. A pesquisa também mostrou uma evolução das atividades escolares remotas — em julho representava 82% contra 74% em maio.

Leia mais: Pesquisa aponta que para 90% dos alunos ensino online veio para ficar

Ao mesmo tempo, o estudo aponta que o percentual de alunos desmotivados, de acordo com a percepção de pais ou responsáveis, passou de 46% em maio para 51% em julho.

Os estudantes que enfrentam dificuldades com a rotina de estudo em casa também teve um aumento de 58% em maio para 67% em julho. Com isso, o medo da evasão também aumenta de 31% para 38% o percentual estudantes cujos pais e responsáveis temem que estes desistam da escola por não conseguir acompanhar as atividades.

Os dados também chamam atenção para os últimos anos ensino fundamental (6º ao 9º ano), em que o percentual de alunos desmotivados é maior (54%) assim como o temor dos responsáveis em relação ao abandono escolar (43%).

Últimas