Educação Avanço da Ômicron leva Uerj a manter atividades de forma online

Avanço da Ômicron leva Uerj a manter atividades de forma online

Medida foi tomada com base em nota técnica da Pró-Reitoria de Saúde, que avalia a alta de casos da variante Ômicron no estado

  • Educação | Da Agência Brasil

Calendário acadêmico aprovado deverá ser feito de forma remota

Calendário acadêmico aprovado deverá ser feito de forma remota

Reprodução / Agência Brasil

A Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) vai manter a suspensão das atividades presenciais não essenciais até o dia 15 de fevereiro. A medida foi tomada com base em nota técnica da Pró-Reitoria de Saúde e considera o aumento de casos da variante Ômicron do coronavírus no município do Rio.

Segundo o reitor Ricardo Lodi, o objetivo é proteger a comunidade acadêmica. “Ao longo das duas primeiras semanas do mês de fevereiro, vamos acompanhar o quadro e verificar se é possível o retorno presencial, ao fim desse prazo. Do contrário, faremos uma nova suspensão”, afirmou Lodi, lembrando a responsabilidade “com a vida daqueles que trabalham e estudam na Uerj".

As aulas começam de forma remota na próxima quarta-feira (2), como já ocorreu no ano passado. “Tão logo haja possibilidade, voltaremos às atividades presenciais, que é o anseio de toda a comunidade acadêmica. Mas queremos fazer com segurança”, disse.

O calendário acadêmico aprovado deverá ser desenvolvido de forma remota enquanto perdurar a suspensão das atividades presenciais, com exceção apenas para as disciplinas oferecidas pelas unidades acadêmicas do Centro Biomédico.

Últimas