Educação Casos de violência em sala de aula aumentam no estado de São Paulo

Casos de violência em sala de aula aumentam no estado de São Paulo

No 1º trimestre deste ano o número chegou a 4.021 registros, um aumento de quase 50% se comparado a 2019, revelou a Seduc

  • Educação | Do R7, com informações da Record TV

Em 2019, antes da pandemia, foram registrados cerca de 2,7 mil casos no estado de São Paulo

Em 2019, antes da pandemia, foram registrados cerca de 2,7 mil casos no estado de São Paulo

Edu Garcia/R7

Os casos de agressões em sala de aula aumentaram nos últimos três anos no estado de São Paulo. Em 2019, antes da pandemia, foram registrados cerca de 2,7 mil casos.

Já no primeiro trimestre deste ano o número de violências nas escolas chegou a 4.021 registros, um aumento de quase 50%, informa a Seduc-SP (Secretaria de Educação do Estado de São Paulo).

Para Patrick Tranjan, secretário-executivo da Seduc, os casos de violência nas escolas de fato aumentaram no pós-pandemia. “Há um problema de saúde mental entre os estudantes. Desde as crianças menores que possuem pouca capacidade de convivência com os outros alunos. E sobre os mais velhos a intolerância, com situações simples que viram casos complexos”, comenta.

Dados da Secretaria ainda revelaram que neste ano já foram registrados 957 casos de ameaças contra professores no estado de São Paulo. 

Últimas