Educação Em SP mais da metade dos alunos apoiam os itinerários formativos

Em SP mais da metade dos alunos apoiam os itinerários formativos

Mais de 376 mil estudantes (89%) manifestaram o interesse na pesquisa realizada pela Secretaria de Educação do Estado

Mais de 376 mil alunos da 1ª série do ensino médio da rede estadual participaram do estudo

Mais de 376 mil alunos da 1ª série do ensino médio da rede estadual participaram do estudo

Leandro Ferreira/ Foto Arena/ Estadão Conteúdo - 3.8.21

Foram mais de 376 mil estudantes (89%) que manifestaram o apoio nos itinerários formativos do ensino médio de São Paulo. Com os dados obtidos, as escolas estaduais terão mais incentivos para definirem os aprofundamentos curriculares no decorrer deste ano. Na prática, a oferta desses conteúdos serão realidade para a 2ª série, a partir de 2022.

No mês passado a coordenadoria pedagógica da Seduc-SP (Secretaria da Educação do Estado) encerrou uma pesquisa com a participação dos alunos do ensino médio da rede estadual para definirem os cursos a serem oferecidos pelas escolas durante a rematrícula neste mês de agosto.

O objetivo dos itinerários formativos é promover o protagonismo estudantil, através da oferta de conhecimentos específicos, conforme interesse individual. O aluno terá a possibilidade de aprofundamento em uma ou duas áreas do conhecimento, assim conquistando uma melhor formação para o mercado de trabalho e ingresso no ensino superior.

Professores da rede municipal de SP recebem 15 mil notebooks

A área de conhecimento em Linguagens foi a mais citada entre os estudantes. A opção, com 56%, liderou a relação entre as quatro opções disponíveis no processo, encerrado no último dia 15. Na sequência, apareceram Ciências Humanas (44%), Matemática (34%) e Ciências da Natureza (30%).

Durante a manifestação de interesse, os estudantes tiveram que priorizar suas preferências entre 10 possibilidades de aprofundamento curricular. Quatro delas nas áreas de conhecimento (Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza) e seis opções integradas, que apresentam combinações entre elas (Linguagens e Matemática, Linguagens e Ciências Humanas, Linguagens e Ciências da Natureza, Matemática e Ciências Humanas, Matemática e Ciências da Natureza, além de Ciências Humanas e Ciências da Natureza).

SP pagará bolsa de R$ 500 para pais de estudantes atuarem em escolas

Individualmente, a relação das primeiras opções foi liderada pelo aprofundamento integrado Linguagens e Ciências Humanas (Cultura em movimento: diferentes formas de narrar a experiência humana), com quase 99 mil interessados. Na sequência, apareceram Linguagens (#SeLiganaMídia) e Matemática (Matemática Conectada). Entre as segundas opções, destaque para Ciências da Natureza e Matemática (Meu papel no Desenvolvimento Sustentável).

A partir de 2022, ocorre a ampliação das aulas semanais. A 2ª série do período diurno passará de 35 para 40 aulas (8 por dia). Enquanto isso, 1ª e 2ª séries do noturno terão 33 aulas (hoje, são 25). Em 2023, as 3ª séries também passam pela mudança. O diurno contará com 40 aulas e o noturno com 33 aulas.

Últimas