Educação Estudante carioca apanha de hóspede em hotel na capital paulista

Estudante carioca apanha de hóspede em hotel na capital paulista

Imagens registradas por câmeras de segurança mostram momento que adolescente de 14 anos sofre agressões em corredor

  • Educação | Do R7, com informações da Record TV

Resumindo a Notícia

  • Adolescente foi agredido por rapaz de 26 anos
  • Grupo de alunos está em São Paulo para estudo de campo
Estudante carioca é agredido em corredor de hotel na cidade de São Paulo

Estudante carioca é agredido em corredor de hotel na cidade de São Paulo

Reprodução/ RecordTV

Na noite de terça-feira (20), um adolescente de 14 anos, aluno de um colégio tradicional do Rio de Janeiro, foi agredido por um hóspede em um hotel localizado no bairro Vila Clementino, zona sul de São Paulo.

Imagens divulgadas no programa Balanço Geral mostram o momento em que a vítima e um colega estão na porta de um dos quartos do Hotel Travel Inn Ibirapuera, quando o agressor, um rapaz de 26 anos, sai de um dos apartamentos e inicia as agressões.

O homem imobiliza o adolescente na parede e começa a dar tapas em seu rosto. Poucos instantes depois, ele pega o chinelo e desfere vários golpes na cabeça do menino. Na sequência,  ele solta a criança e caminham pelo corredor até não aparecerem mais nas imagens.

De acordo com nota da Escola Eliezer Max, de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, os alunos da unidade estavam na cidade de São Paulo para um estudo de campo. A direção da unidade entrou em contato com a direção do hotel para identificar o agressor e garantir que ele não se aproxime mais dos jovens.

Um tio da criança agredida compareceu ao hotel e, com representantes da escola, foi até o 27° Distrito Policial do Campo Belo para registrar um boletim de ocorrência.

Em nota, a Rede Travel Inn esclarece que assim que foi informada da ocorrência tomou todas as providências para acolher e proteger o estudante agredido. A gerente do hotel se prontificou a dar o suporte necessário no encaminhamento e denúncia do agressor à Polícia Civil, bem como o acompanhamento com os responsáveis pelo menor em depoimento na delegacia de polícia.

Para contribuir com as investigações, após a denúncia efetivada, o hotel apresentou à polícia as imagens das câmeras de segurança do local, além de estar à disposição das autoridades para quaisquer outras informações, se necessárias.

Últimas