Educação Governo faz novas mudanças no Ministério da Educação

Governo faz novas mudanças no Ministério da Educação

Diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep e assessor especial do ministro da Educação foram exonerados da pasta

Ministério da Educação

Weintraub já havia anunciado nome para vaga de Vieira

Weintraub já havia anunciado nome para vaga de Vieira

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo - 10.4.2019

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, exonerou nesta quinta-feira (18) o diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Paulo Cesar Teixeira, e o assessor especial do ministro da Educação, Ricardo Machado Vieira. As demissões foram publicadas no Diário Oficial da União.

Vieira foi nomeado secretário-executivo do MEC no final de março, na gestão do então ministro Ricardo Vélez.  Quando o atual ministro, Abraham Weintraub, assumiu, anunciou que o cargo seria ocupado por Antonio Paulo Vogel de Medeiros.

Já Teixeira pediu demissão também no final do mês passado, quando o então presidente do Inep, Marcus Vinicius Rodrigues, foi exonerado. A demissão, que foi oficializada hoje, ocorreu após o anúncio de que a avaliação da alfabetização não seria realizada este ano, mas apenas em 2021. Logo apóis, o MEC revogou a medida que definia o adiamento.

Entre outras atribuições, a diretoria de Avaliação da Educação Básica do Inep é responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Weintraub assumiu a pasta no último dia 9. A gestão do ex-ministro Ricardo Vélez foi marcada por polêmicas e pela troca de pelos menos 10 cargos do alto escalão do ministério e órgãos vinculados

Na cerimônia de posse, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que Weintraub terá liberdade para escolher a equipe de sua pasta.