Educação MEC divulga novo ranqueamento de notas do Sisu

MEC divulga novo ranqueamento de notas do Sisu

Ministério retirou a classificação de notas duplicadas, conforme previsto no edital; candidatos já podem conferir as novas posições

  • Educação | Do R7

Sisu já conta com 852.213 inscritos e 1.635.335 inscrições no primeiro balanço parcial

Sisu já conta com 852.213 inscritos e 1.635.335 inscrições no primeiro balanço parcial

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O MEC (Ministério da Educação) divulgou na tarde de quarta-feira (16) que fará um novo ranqueamento das notas do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), retirando as classificações de notas duplicadas conforme previsto no edital.

As alterações já passam a valer e os candidatos já podem conferir as novas posições na disputa de uma vaga em uma universidade.  

O Sisu havia liberado o primeiro ranqueamento na quarta-feira, mas estava seguindo o modelo antigo, que permitia que o candidato pudesse se inscrever em duas opções de cursos, mas levava em consideração a nota dos alunos que conseguiam ingressar na primeira opção, o que acabava inflando as notas de corte. Este modelo foi modificado na gestão do ministro Milton Ribeiro.

Balanço parcial

Até às 23h59 da última quarta-feira (17), o sistema de inscrição já registrava 852.213 inscritos e 1.635.335 inscrições, de acordo com o MEC. 

O quantitativo de inscrições pode ser até o dobro da quantidade de inscritos, uma vez que cada candidato pode se inscrever em até duas opções de curso.

As inscrições para o Sisu podem ser realizadas até as 23h59 desta sexta-feira (18), horário de Brasília, exclusivamente pela internet. A novidade deste ano é que as inscrições podem ser feitas pelo Acesso Único, que reúne todos as formas de acesso ao ensino superior

Quem pode participar

O sistema é aberto para os candidatos que participaram do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e não tiraram zero na redação. 

Também é necessário que o estudante tenha a nota de corte mínima no curso que deseja. Para conseguir uma vaga em uma universidade, o candidato precisa ter a nota mínima ou superior a exigida pelo curso.

Nota de corte

O Sisu funciona como um 'leilão de vagas'. O candidato deve ficar atento porque o Sisu calcula diariamente a nota de corte durante o período de inscrição — ela varia de acordo com a nota dos inscritos, sendo apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição. Quanto mais candidatos se inscreverem com uma pontuação alta, maior será a nota de corte, e o contrário também vale.

São oferecidas três modalidades de curso — bacharelado, licenciatura e tecnólogo — em instituições públicas e ofertadas mais de 222 mil vagas nesta primeira edição. Há vagas para 6.146 cursos de graduação em 125 instituições públicas de ensino superior, e os interessados podem consultar quais são as universidades participantes no site do Sisu.

O resultado da chamada regular do Sisu será liberado pelo MEC no dia 22 deste mês.  A matrícula deve ser realizada entre 23 de fevereiro e 8 de março.

Últimas