Mulheres são maioria entre bolsistas de mestrado e doutorado

Pesquisadoras representam 53% do total de bolsistas de pós-graduação da Capes. Elas também são maioria na produção de artigos científicos

Elas também são maioria na produção de artigos

Elas também são maioria na produção de artigos

Pixabay

As mulheres são maioria entre os bolsistas de mestrado e doutorado no Brasil. Elas somam 195 mil matriculadas em cursos ofertados pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), que conta, ao todo, com 364 mil estudantes.

Elas também são maioria na produção de artigos científicos. No Brasil, 72% são de autoria feminina, de acordo com a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Leia também: MEC oferece cursos para mulheres em situação de vulnerabilidade

A diretora de Avaliação da Capes, Sônia Bao, destaca a construção que vem sendo feita para que as mulheres cheguem ao topo da pesquisa no país. De acordo com a gestora, áreas, antes com pouca ou nenhuma participação feminina, desde a graduação, hoje têm uma presença feminina significativa em seus cursos.

“É preciso aumentar a base para conseguir chegar às posições de destaque. [...] Isso é transferido para a pós-graduação, para professores do ensino superior, logo, para pesquisadoras”, afirmou Sônia.