Educação Prefeitura de SP cria bônus até R$ 1.500 para professores municipais

Prefeitura de SP cria bônus até R$ 1.500 para professores municipais

Projeto beneficia profissionais que atuam em escolas localizadas em áreas de difícil acesso; PL segue para a Câmara dos vereadores

Prefeitura de SP cria bonificação de até R$ 1.500 para professores da rede municipal de ensino

Prefeitura de SP cria bonificação de até R$ 1.500 para professores da rede municipal de ensino

Rovena Rosa/Agência Brasil - 14.09.2021

A Prefeitura de São Paulo deve criar a GLT (Gratificação por Local de Trabalho) para os professores da rede municipal de ensino da cidade de São Paulo. O valor varia de R$ 300 até R$1.500 para os profissionais de quadro de magistério. E de R$ 200 até R$ 500 para os servidores do quadro de apoio à educação.

O PL (Projeto de Lei) beneficia os profissionais da educação que atuam em escolas localizadas em áreas de difícil acesso, como em comunidades periféricas com alto índice de vulnerabilidade social. Ainda de acordo com o documento, o bônus pode aumentar conforme à medida das dificuldades apresentadas pelas unidades escolares. O PL foi enviado para a Câmara Municipal na última quinta-feira (23).

O critério das escolas em que os funcionários poderão ser comtemplados, ainda serão definidos e publicados em decreto municipal. Com a GLT a SME (Secretaria Municipal de Educação) pretende diminuir a rotatividade de funcionários completando o corpo docente nas instituições de ensino e realizando o cumprimento do cronograma pedagógico durante os processos de ensino para os estudantes.

Atualmente existe uma gratificação de difícil acesso que não é exclusivamente destinada aos profissionais da educação e sim a todos os servidores municipais. Para os professores de ensino fundamental e médio, são pagos benefícios que variam de R$ 97 a R$ 162.

Últimas