Educação 'Professor esnobe' ensina gramática de forma divertida na web e viraliza

'Professor esnobe' ensina gramática de forma divertida na web e viraliza

Rodrigo Taconelli é de Rio Claro, interior de São Paulo, e tem vídeos com mais de 7 milhões de visualizações na plataforma do TikTok

  • Educação | Alex Gonçalves, do R7*

Resumindo a Notícia

  • Trend: professor esnobe viraliza na internet e faz sucesso entre os internautas
  • Professor ensina gramática de forma rápida e divertida com exemplos vistos nas ruas da região
Vídeos do professor têm milhões de visualizações no TikTok

Vídeos do professor têm milhões de visualizações no TikTok

Reprodução/ TikTok

Rodrigo Taconelli é graduado em letras e pedagogia e dá aulas de inglês em uma escola municipal na cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo.

De um jeito bem-humorado e divertido, a trend "professor esnobe" caiu no gosto dos internautas. Os vídeos de Taconelli, em que ele ensina gramática com base em erros cometidos no dia a dia, já têm mais de 7 milhões de visualizações no TikTok. 

Assista:

Taconelli começou a postar os vídeos no início da pandemia de Covid-19. "Eu postava para passar o tempo. Eram vídeos de descontração, e o foco naquele momento não era ensinar", lembra.

Atualmente, os vídeos fazem sucesso, e o professor, embora use as redes sociais para ensinar, pede às pessoas que fiquem atentas quanto à escrita na internet. "A agilidade da internet pode prejudicar, pois a pessoa deixa de escrever corretamente pela falta de acentuação, pontuação e até mesmo pelas abreviações."

Para o professor, as pessoas perderam o hábito de escrever no papel. “Hoje, tudo é digitado em alguma rede social, e nas escolas o famoso ditado não é conduzido pelos professores, como antigamente", o que pode resultar nos erros cada vez mais comuns no dia a dia.

Se realizado de maneira correta, o aprendizado vem com a prática. Escrever nas redes sociais não é ruim, desde que se observem as regras. Um bom aliado para quem busca aprimorar a escrita é o hábito de ler. "A leitura diária — de livros, artigos e jornais — é fundamental para o enriquecimento da escrita", afirma.

Os vídeos alcançaram sucesso e têm ajudado muita gente. "Tenho recebido bons retornos, principalmente de pessoas aprovadas em processos seletivos. É isso que gratifica e paga a carreira de um professor."

*Estagiário do R7, sob supervisão de Karla Dunder

Últimas