Sisu: Lista de espera é liberada após atraso do Ministério da Educação

Instituições de ensino podem publicar relação de convocados a partir desta segunda-feira (10). Prazo foi alterado após MEC enviar informações com erros 

Sisu oferece 237 mil vagas em universidades públicas

Sisu oferece 237 mil vagas em universidades públicas

Agência Brasil

As instituições de ensino superior públicas já podem divulgar a relação de convocados em lista de espera do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). A abertura do prazo, que estava programado para acontecer na sexta-feira (7), atrasou três dias após o Ministério da Educação ter enviado às instituições uma lista com erros. 

Os estudantes devem acompanhar a relação de aprovados, data de matrícula e prazo final de chamamento por meio do site da universidade onde manifestaram interesse em participar dessa etapa do processo de seleção. 

Na sexta-feira, de acordo com informações do jornal O Estado de S.Paulo, universidades federais de várias regiões do Brasil comunicaram ter recebido uma lista de espera do Sisu com erros. Algumas horas após o envio, porém, as instituições disseram que o MEC teria avisado sobre falha na lista e, por isso, pedido para que não fossem divulgadas.

A pasta, no entanto, não informou o que teria provocado o problema na lista de espera nem se estava apurando a responsabilidade pelo novo problema no sistema de seleção. O Ministério da Educação apenas enviou nota em que afirmava que a divulgação de aprovados aconteceria nesta segunda, sem dizer o motivo. 

O Sisu é a plataforma do governo federal que reúne as vagas em universidades públicas do País.