Educação Sisu: tudo o que você precisa saber antes de fazer a inscrição

Sisu: tudo o que você precisa saber antes de fazer a inscrição

Estudantes que buscam vaga em uma universidade pública devem fazer cadastro pelo site entre os dias 6 e 9 de abril 

Sisu: estudantes podem usar a nota do Enem para conseguir vaga em instituição pública

Sisu: estudantes podem usar a nota do Enem para conseguir vaga em instituição pública

Reprodução/Agência Brasil

Estudantes que participaram da última edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e buscam uma vaga em uma universidade pública devem fazer a inscrição no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) a partir da próxima terça-feira (6) até a sexta-feira (9). 

Para evitar que ocorra sobrecarga do sistema, como aconteceu com o resultado do Enem, o MEC (Ministério da Educação) orienta que os estudantes tenham "tenham tranquilidade para acessar o sistema durante todo o período de inscrição".

O Sisu é um programa criado pelo MEC totalmente gratuito (sem taxa de inscrição) e dá acesso às vagas das instituições públicas de ensino superior por meio da nota do Enem.

Algumas instituições exigem nota mínima para ingressar em alguns cursos, caso o estudante se inscreva, mas não tenha nota suficiente, o sistema enviará um e-mail com um comunicado.

As inscrições só podem ser feitas na página do Sisu e o candidato deve usar o número de inscrição e a senha do Enem.

Vale destacar que o Sisu calcula diariamente a nota de corte durante o período de inscrição — a nota de corte varia de acordo com a nota dos inscritos, sendo apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição. Quanto mais candidatos se inscreverem com uma pontuação alta, maior será a nota de corte e o contrário também vale.

São oferecidas três modalidades de curso: bacharelado, licenciatura e tecnólogo em instituições públicas e ofertadas mais de 209 mil vagas. Os interessados podem consultar quais são as universidades participantes no site do Sisu. 

O resultado da chamada regular do Sisu será liberado pelo MEC no dia 13 de abril. A matrícula deve ser realizada entre 14 e 19 de abril. 

Calendário:

Período de Inscrições: 6 a 9 de abril
Chamada única: 13 de abril
Prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera: 13 a 19 de abril
Período de matrícula chamada regular: 14 a 19 de abril
Convocação dos aprovados na lista de espera: 23 de abril.

Últimas