Eleições 2018 Candidatos têm só até hoje para fazer propaganda eleitoral

Candidatos têm só até hoje para fazer propaganda eleitoral

Medida presente no artigo 43 da Lei Eleitoral vale para divulgações pagas e publicidade na imprensa escrita e em páginas da internet

Propaganda política

Propaganda eleitoral gratuita terminou nesta 5ª-feira

Propaganda eleitoral gratuita terminou nesta 5ª-feira

Wikimedia Commons

Após o fim da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, agora os candidatos têm somente até esta sexta-feira (5) para veicular propagandas em revistas, jornais e na internet.

De acordo com o artigo 43 da Lei Eleitoral (9.504/1997), não poderão mais ser realizadas divulgações pagas na imprensa escrita, de propaganda eleitoral e a reprodução, na Internet, de jornais impressos.

Presidenciáveis gastam R$ 3,8 mi para ter visibilidade na internet

"São permitidas, até a antevéspera das eleições, a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na Internet do jornal impresso, de até 10 (dez) anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato", determina o artigo.

Acesse as informações e propostas para escolher o melhor candidato na eleição

Assim como nos demais dias de campanha, estão autorizados neste último dia apenas publicidades de um oitavo de página nos jornais e de um quarto de página em revistas ou tabloides. Os anúncios também devem apresentar, de forma visível, o valor que foi pago pela inserção.

Caso alguma determinação do artigo seja descumprida, os veículos de divulgação e os partidos, coligações ou candidatos beneficiados estão sujeitos ao pagamento de uma multa entre R$ 1.000 e R$ 10 mil.

Tempo na TV não indica triunfo eleitoral em 40% dos Estados

Conheça 7 mitos sobre o uso da urna eletrônica

    Access log
    https://noticias.r7.com/eleicoes-2018