Eleições 2018 PT tira do ar links de apoio a Venezuela e a Maduro

PT tira do ar links de apoio a Venezuela e a Maduro

Manifestações favoráveis do PT ao governo de Maduro são alvos de críticas por parte de Jair Bolsonaro, adversário de Haddad no segundo turno

PT tira do ar links de apoio a Venezuela e a Maduro

PT tira do ar links de apoio a Venezuela

PT tira do ar links de apoio a Venezuela

Pilar Olivares/Reuters - 04.10.2018

O PT (Partido dos Trabalhadores) tirou do ar do seu site oficial duas notas em que o partido manifesta apoio ao governo de Nicolás Maduro, da Venezuela.

A nota “PT divulga nota em apoio à Venezuela”, de 3 de abril de 2017, é redirecionada para uma outra matéria, intitulada “Você sabia? Haddad já foi eleito o melhor prefeito da América Latina”.

Já outra nota, de 16 de outubro de 2017, chamada de "Venezuela: mais uma vez, exemplo de democracia e participação cidadã!” não está mais disponível no site.

O apoio dos petistas a Maduro é bastante criticado por Jair Bolsonaro (PSL), adversário de Fernando Haddad (PT), no segundo turno das eleições. O próprio candidato do PSL, na quinta-feira (11), chamou a atenção nas redes sociais sobre o link não estar funcionando.

"Será que a ordem veio de dentro da prisão?", escreveu o candidato se referindo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba desde abril.

A Venezuela vive uma grande crise política e econômica e é acusada por órgãos internacionais de cometer violações de direitos humanos.

Outro lado

A assessoria de imprensa do candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, disse que o assunto não é tema da campanha e sim do partido, que, por sua vez afirmou ter bloqueado o acesso ao link por conta de mensagens de WhatsApp que estariam utilizando o comunicado como pretexto para distorcer a posição do PT sobre a Venezuela e disseminar notícias falsas. O partido ainda afirmou que apesar de os links não funcionarem, as notas foram apenas bloqueadas, mas seguem no ar e estuda maneiras de colocá-las de volta no site: " Não nos interessa manter bloqueado".

    Access log
    https://noticias.r7.com/eleicoes-2018