Eleições 2018 Votação no exterior: Bolsonaro vence em Miami e perde em Paris

Votação no exterior: Bolsonaro vence em Miami e perde em Paris

Veja como foi o desempenho dos candidatos em alguns dos principais colégios eleitorais fora do país neste domingo

Eleições

Mais de 180 mil brasileiros votaram no exterior

Mais de 180 mil brasileiros votaram no exterior

William Volcov/Brazil Photo Press/Folhapress

Se dependesse dos brasileiros que vivem no exterior, Jair Bolsonaro (PSL) seria eleito neste domingo (7), com cerca de 58% dos votos — nem todos os países haviam concluído a votação até as 22h.

O presidenciável havia obtido mais de 100 mil votos, contra 24 mil do segundo colocado, Ciro Gomes (PDT), com 14,45%. Em terceiro lugar, aparecia Fernando Haddad (PT), com 18 mil votos (10,47%).

Analisando os votos de acordo com as cidades, é possível ver onde cada candidato teve um desempenho melhor.

Em Miami, por exemplo, Bolsonaro obteve 80,64% dos votos válidos. Por outro lado, ficou com 25,46% dos votos em Paris. Entre os brasileiros residentes na França, Ciro Gomes foi o mais votado (31,12%), seguido de Haddad (25,78%).

Bolsonaro também perdeu em Estocolmo, capital da Suécia, onde obteve 27,71% dos votos, contra 28,45% de Ciro.

O candidato do PDT teve vantagem ainda maior em Copenhague, capital da Dinamarca, com 35,67% dos votos. Bolsonaro ficou com 22,93%.

Em Berlim (Alemanha), o primeiro lugar ficou com Ciro (35,53%). Bolsonaro ficou na segunda colocação, com 23,46%.

Em Boston, outro grande colégio eleitoral brasileiros nos EUA, Bolsonaro conseguiu 79,58% dos votos, contra 6,73% de Ciro e 5,69% de Haddad.

Entre os eleitores que votaram em Nova York, Bolsonaro teve 63,42% dos votos; Ciro, 13,81%; e Haddad, 7,89%.

Em Lisboa, Bolsonaro conquistou 56,1% dos votos e Ciro, 16,92%. No Porto, segunda maior cidade de Portugal, o candidato do PSL terminou com 57,64%. O pedetista teve 16,34%.

Em Caracas (Venezuela), Bolsonaro conseguiu 68,93% e Haddad, 10,43%. No Japão, Bolsonaro obteve 70,7% dos votos em Tóquio. O segundo colocado foi Ciro Gomes, com 6,9%.

    https://noticias.r7.com/eleicoes-2018