Eleições 2020 Candidata a vereadora tem foto do TSE trocada por creme de avelã

Candidata a vereadora tem foto do TSE trocada por creme de avelã

Amira Laila, do Cidadania de São Bernardo do Campo (SP), diz ter sofrido ataque às causas que ela defende e cobra responsáveis por mudança

  • Eleições 2020 | Joyce Ribeiro, do R7

Pote de creme de avelã foi colocado no lugar da foto oficial de Amira Laila

Pote de creme de avelã foi colocado no lugar da foto oficial de Amira Laila

Reprodução TSE

A candidata a vereadora em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, pelo Cidadania, Amira Laila, foi surpreendida ao ver que a foto oficial dela no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) foi trocada por um pote de creme de avelã. A alteração ficou no ar por cinco dias.

Ela afirma que não foi a responsável pela mudança e que nenhum candidato tem acesso ao sistema: "Muitos acharam que era uma piada minha. Não é! Apesar de sempre manter o bom humor na redes sociais, jamais faria brincadeira com causas sérias e fundamentais para melhoria da nossa cidade/sociedade", escreveu a candidata nas redes sociais.

Leia mais: Pandemia deverá centralizar os debates na campanha eleitoral

O responsável pelo registro dos candidatos no site é o próprio partido, por isso uma das suspeitas é de que tenha havido um boicote interno à candidatura de Amira.

Ao R7, a candidata ressalta que nunca imaginou que algo parecido pudesse acontecer: "Não compactuo com isso, jamais imaginei que pudesse ocorrer. Meu advogado de campanha acionou o partido e a foto foi alterada novamente hoje".

Veja também: O Que a Sua Cidade Mais Precisa? Vote!

Quando perguntada sobre o porquê de um pote de creme de avelã, ela disse que fez a associação com os memes que circulam na internet entre candidatos raiz e candidatos Nutella: "Não sou candidata raiz. Hoje em dia pode até ser considerado um elogio".

Amira é jornalista, tem 40 anos, é casada e tem quatro filhos, um deles autista. Segundo ela, a mudança da foto representa um ataque às suas causas e bandeiras: "É uma retaliação clara ao meu trabalho de fiscalização na TV São Bernardo nos últimos quatro anos. É uma agressão à minha história, à causa que abraço fervorosamente que é o autismo, à comunidade que nasci. Não sei quem são esses responsáveis, mas isso não vai ficar assim", enfatizou.

Leia ainda: TSE e WhatsApp se unem para frear robôs e disparos em app

Para Amira, o episódio é também "um ataque que atinge mulheres que se arriscam na política, mães, causas que defendo. E, além de tudo isso, é um desrespeito às opções políticas das pessoas e à democracia".

Registro da candidata agora tem a foto oficial no cadastro do TSE

Registro da candidata agora tem a foto oficial no cadastro do TSE

Reprodução TSE

Nesta quinta-feira (1°), a foto oficial de Amira voltou ao normal no site de registro de candidaturas do TSE.

Últimas