Eleições 2020 PT de São Paulo declara apoio a Guilherme Boulos (PSOL) no 2º turno

PT de São Paulo declara apoio a Guilherme Boulos (PSOL) no 2º turno

Candidato do PT à prefeitura paulistana derrotado neste domingo (15), Jilmar Tatto, já havia publicado nas redes sociais apoio logo após o resultado

Guilherme Boulos tem apoio do PT para o 2º turno

Guilherme Boulos tem apoio do PT para o 2º turno

Reprodução/Redes sociais

A executiva municipal do PT em São Paulo divulgou nota na noite desta segunda-feira (16) declarando apoio à candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) no segundo turno das eleições na capital paulista.

Na nota, o PT paulistano afirma que a decisão aconteceu após reunião realizada no partido nesta segunda-feira, na sede municipal do partido, na Bela Vista, no centro de São Paulo.

Leia também: Nas capitais, apenas uma mulher já foi eleita e cinco vão para o 2º turno

De acordo com o presidente municipal do PT, Laércio Ribeiro, ainda segundo a nota, "é necessário derrotar o projeto neoliberal representado por Bruno Covas, João Doria e Bolsonaro, motivo pelo qual o PT paulistano entende a importância de eleger Guilherme Boulos prefeito".

Ainda na noite de domingo (15), logo após a denifinição do resultado das eleições em São Paulo, o candidato petista à prefeitura, Jilmar Tatto, publicou nas redes sociais o apoio a Boulos.

"Acabei de ligar para o Guilherme Boulos, a quem tenho como um irmão mais novo. Desejei sorte e disse que ele pode contar comigo e com a nossa valente militância para virar o jogo em São Paulo", escreveu Tatto.

Na noite desta segunda-feira, o petista voltou a publicar o apoio nas redes sociais. Dessa ves, ele disse seguir ao lado de Boulos e Luiza Erundina, a candidata a vice, para "enfrentar Bruno/Doria".

Outra figura do PT de São Paulo que já havia declarado apoio a Boulos ainda na noite de domingo é o Eduardo Suplicy, vereador eleito com maior número de votos na capital paulista.

"Expresso meu integral apoio ao Guilherme Boulos e à Luiza Erundina neste segundo turno para a prefeitura de São Paulo. Disponho-me a colaborar com toda minha energia para que venham a construir uma São Paulo fraterna, justa e solidária", escreveu Suplicy.

A direção do PT deve se reunir com a coordenação de campanha do PSOL nesta terça-feira (17).

Últimas