Eleições 2020 TSE autoriza volta do horário eleitoral em Macapá (AP)

TSE autoriza volta do horário eleitoral em Macapá (AP)

Eleições no município foram adiadas na capital do Estado do Amapá devido aos problemas com fornecimento de energia elétrica

  • Eleições 2020 | Da Agência Brasil

Veiculação da propaganda está suspensa desde o dia 20

Veiculação da propaganda está suspensa desde o dia 20

EBC

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) autorizou nesta terça-feira (24) a retomada do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão em Macapá, capital do Amapá. As eleições no município foram adiadas pelo tribunal devido aos problemas com fornecimento de energia elétrica no Estado.

Com a decisão, a propaganda dos candidatos voltará a ser transmitida. No dia 20 de novembro, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) suspendeu a veiculação.

Leia mais: Eleições em Macapá dia 6 evitam 'período ingrato' de festas, diz TSE

Os ministros também decidiram aumentar o teto de gastos das campanhas em função do adiamento das eleições. Cada candidato ao cargo de prefeito poderá gastar R$ 1,8 milhão. O gasto dos candidatos a vereador deverá ficar em R$ 212 mil.

O primeiro turno será no dia 6 de dezembro. O segundo está previsto para 20 de dezembro. Os eleitores vão às urnas para elegerem prefeito, vice-prefeito e vereadores.

O fornecimento de energia começou a ser interrompido dia 3 de novembro. Desde então, as cidades passaram por um racionamento de energia. A energia voltou aos poucos, em forma de rodízio. A falha inicial ocorreu em um transformador que pegou fogo e foi totalmente destruído.

Mais cedo, a CEA (Companhia de Eletricidade do Amapá) anunciou o encerramento do rodízio e o restabelecimento do fornecimento de energia no estado.

Últimas