Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

Golpista manteve 16 empregos por três anos, ganhou milhões, mas nunca trabalhou de verdade

Funcionária chinesa operava esquema de fraude e mantinha cerca de 50 cúmplices quando foi descoberta

Hora 7|Do R7

Uma mulher é acusada por autoridades de ocupar 16 vagas de emprego ao mesmo tempo, por três anos, e conseguir a proeza de nunca ter trabalhado de verdade. O marido da suspeita de fraude também é investigado como participante do esquema.

O caso ocorreu na China, onde a mulher foi identificada pelo pseudônimo Guan Yue. Para conseguir aplicar os golpes, a espertinha arrumava empregos onde podia trabalhar diretamente com o público, principalmente com vendas corporativas.

Mulher tinha esquema de fraude de vagas de emprego e ganhou milhões
Mulher tinha esquema de fraude de vagas de emprego e ganhou milhões Mulher tinha esquema de fraude de vagas de emprego e ganhou milhões

Segundo investigadores do país, em vários dos casos, ela fazia entrevistas para novos empregos, tirava fotos e dizia estar em reuniões com clientes.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Ela era tão especialista em conseguir entrevistas de emprego que às vezes não tinha tempo para ir em alguma, e repassava a oportunidade para outras pessoas em troca de parte do salário.

Publicidade

Com essa série de golpes, Guan conseguiu comprar um "apartamento caro em Xangai", um dos maiores centros financeiros da Ásia.

Leia também

O casal de golpistas começou a ter problemas em janeiro, quando uma carta de demissão de Guan circulou em um grupo de mensagens de empresários. Um dos diretores, Liu Jian, percebeu que ela trabalhava em outras empresas ao mesmo tempo, e contatou a polícia.

Publicidade

Segundo o jornal Shin Min Daily News, Guan foi presa no fim de agosto, enquanto fazia outra entrevista de emprego. A investigação revelou que ela ganhou em torno 50 milhões de yuans (R$ 34,5 milhões, no câmbio atual) nos três anos em que manteve o esquema, e ainda tinha cerca de 50 cúmplices que lhe pagavam comissões.

Segundo registros, ela nunca trabalhou de verdade nem vendeu os produtos das empresas que a empregavam.

Pior emprego do mundo! Indianos limpam esgoto sem equipamentos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.