Internacional Aeroporto de Cabul tem 5.400 pessoas na fila para deixar o país

Aeroporto de Cabul tem 5.400 pessoas na fila para deixar o país

Afegãos tentam fugir do Afeganistão após o Talibã assumir o poder; diversos países encerraram as operações de retirada de civis

  • Internacional | Pablo Marques, do R7

Retirada de pessoas do Afeganistão está autorizada pelo Talibã até o dia 31 de agosto

Retirada de pessoas do Afeganistão está autorizada pelo Talibã até o dia 31 de agosto

ETAT MAJOR DES ARMÉES / AFP

O Pentágono informou nesta sexta-feira (27) que há 5.400 pessoas dentro do aeroporto de Cabul aguardando para serem retiradas do Afeganistão. 

Segundo o governo norte-americano, mais de 100 mil pessoas foram enviadas para outros países desde 14 de agosto, véspera da tomada do poder pelo Talibã. Só nas últimas 24 horas, 12 mil pessoas deixaram o Afeganistão em aviões militares.

No dia 15 de agosto o grupo extremista ocupou a capital Cabul e passou a controlar o Afeganistão. Milhares de pessoas foram para o aeroporto para tentar um vaga em aviões das forças armadas estrangeiras. 

Após o atentado de quinta-feira (26), diversos países anunciaram que encerrariam o resgate de civis. Holanda, Bélgica, Alemanha e Itália estão entre os países que vão apenas terminar de retirar os militares que estão em território afegão.

Segundo estimativas da ONU, este ano deve registrar 500 mil refugiados afegãos a mais. A organização pediu para que os países da região deixem suas fronteiras abertas para receber essa população.

O acordo com o Talibã permite a retirada de pessoas do Afeganistão até 31 de agosto. Após essa data, o grupo afirma que vai interpretar a situação como uma tentativa de manter a ocupação estrangeira no país. 

Afeganistão: explosões deixam mortos e feridos em Cabul

Últimas