Internacional Alemanha: suspeito de ataque em trem vai para hospital psiquiátrico

Alemanha: suspeito de ataque em trem vai para hospital psiquiátrico

Refugiado sírio de 27 anos demonstrava 'esquizofrenia delirante e paranoia no momento em que cometeu o ataque', diz promotor

AFP
Trem de alta velocidade parou em estação no sul da Alemanha após ataque com arma branca

Trem de alta velocidade parou em estação no sul da Alemanha após ataque com arma branca

Stringer / DPA - AFP - 6.11.2021

As autoridades alemãs anunciaram neste domingo (7) que o sírio autor do ataque com arma branca que feriu quatro pessoas no dia anterior em trem de alta velocidade foi internado em um hospital psiquiátrico.

Em uma primeira avaliação, um especialista determinou que o autor do ataque, um refugiado político sírio de 27 anos que chegou ao país em 2014, sofre de "esquizofrenia delirante e paranoica" e forte alteração de responsabilidade, disse Gerhard Neuhof, promotor de Nuremberg-Fürth, encarregado do caso.

O jovem declarou que se sentia perseguido por policiais que supostamente o vigiavam e tentavam enlouquecê-lo; o promotor, porém, esclareceu que ele não era alvo de nenhuma medida policial em particular.

O agressor foi internado e aguarda novos exames.

"Não há nenhum elemento que aponte na direção de uma motivação islâmica", disse Sabine Nagel, chefe da polícia local.

A polícia foi alertada por volta das 8 horas GMT (5 horas em Brasília) sobre um ataque com faca em um trem de alta velocidade ICE, viajando entre a Baviera e Hamburgo, com cerca de 300 passageiros a bordo.

Depois do ataque, o trem ficou parado na estação de Seubersdorf, no sul do país, e um grande dispositivo policial foi mobilizado.

As autoridades alemãs estão especialmente vigilantes quanto à ameaça islamista, sobretudo desde dezembro de 2016. Neste mês, um atentado com um caminhão, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico, deixou 12 mortos. Foi o mais letal ataque jihadista em solo alemão.

Desde 2000, as autoridades alemãs frustraram 23 tentativas dessa natureza.

Últimas