Internacional Apenas 16% da população adulta dos EUA está satisfeita com a situação atual do país

Apenas 16% da população adulta dos EUA está satisfeita com a situação atual do país

Pesquisa feita pela empresa de análise e consultoria Gallup ainda revela que Biden tem 41% de aprovação, índice abaixo da média

  • Internacional | Do R7

O presidente dos EUA, Joe Biden, durante discurso na Casa Branca

O presidente dos EUA, Joe Biden, durante discurso na Casa Branca

Kevin Lamarque/Reuters - 24.05.2022

As avaliações dos americanos em relação à situação atual dos Estados Unidos e o desempenho do presidente Joe Biden e do Congresso continuam muito negativas. De acordo com uma pesquisa feita entre 2 e 22 de maio pela Gallup, empresa americana de análise e consultoria, apenas 16% da população adulta está satisfeita com a situação do país. O dado representa uma diminuição de 6 pontos percentuais em relação a abril.

O levantamento também mostra que 41% aprovam o desempenho do presidente Biden e que a aprovação do Congresso é ainda mais baixa, 18% estão satisfeitos. Os dois índices permanecem abaixo da média.

A pesquisa foi realizada em um momento em que os EUA apresentam uma taxa de inflação perto de seu ponto mais alto em 40 anos. Além disso, os casos de Covid-19 estão em alta e o país ainda enfrenta o antigo problema dos tiroteios.

No dia 14 de maio, um jovem entrou armado em um supermercado em Buffalo e matou dez pessoas, todas negras. Nesta terça-feira (24), outro adolescente, de 18 anos, matou a tiros 19 crianças e duas professoras em uma escola no Texas.

Segundo a pesquisa da Gallup, a aprovação dos democratas em relação à realidade do país está em 24%, o que representa uma queda de 14 pontos percentuais, ao mesmo tempo em que as opiniões dos republicanos continuam no mesmo patamar, com os totais de 4% e 18%, respectivamente.

Já a aprovação do governo Biden apresenta algumas melhoras. Entre os democratas, 82% estão contentes com sua atuação, enquanto a aprovação dos republicanos não chega a 12% desde que ele assumiu a Presidência e agora está em apenas 3%. Em relação aos independentes, 39% gostam do governo Biden, mas o índice não chega a 50% desde junho.

Em apenas seis meses vão ocorrer as eleições de meio de mandato, o que torna a posição do partido Democrata muito frágil, já que a aprovação de Biden está baixa. O desafio dos democratas será convencer os americanos a mantê-los nos cargos para que o presidente possa evitar grandes perdas no Congresso.

Últimas