Internacional Argentino quebra recorde mundial de álcool no sangue enquanto dirigia

Argentino quebra recorde mundial de álcool no sangue enquanto dirigia

Jovem perdeu o controle do carro e ficou preso em uma vala; marca superada era de um conterrâneo

Veículo caiu em uma vala de drenagem ao lado da estrada, em Neuquén

Veículo caiu em uma vala de drenagem ao lado da estrada, em Neuquén

Reprodução Twitter/@eldiagchu

No último final de semana, um argentino foi pego pela polícia dirigindo com 5,79 gramas de álcool por litro de sangue na cidade de Plottier, em Neuquén. O registro foi muito superior ao que é permitido pelas leis de trânsito locais para pegar a direção e bateu um recorde mundial.

O argentino embriagado conduzia seu veículo em alta velocidade quando perdeu o controle e seu carro caiu em uma vala de drenagem. Um motorista que passava pelo local foi o responsável pelo pedido de socorro.

Quando os policiais chegaram ao local do acidente, verificaram o estado do automóvel e fizeram a retirada do interior do jovem condutor, que não foi identificado. Fontes policiais informaram que ele sofreu ferimentos leves e que se recusou a receber ajuda.

De acordo com o portal Filo, o argentino estava “visivelmente alterado” e foi transferido para a delegacia, onde negou assistência médica novamente, mas teve que se submeter ao teste do bafômetro. Nesse momento, o resultado inesperado apareceu: ele tinha 5,79 gramas de álcool no sangue.

O veículo foi apreendido por causa da bebida, enquanto o motorista foi liberado algumas horas depois.

A polícia ainda está investigando se o jovem esteve envolvido em um acidente ocorrido no mesmo dia. Horas antes do evento, foi noticiado um acidente entre uma motocicleta e um carro com as mesmas características, que, após o acidente, fugiu.

No dia 22 de março deste ano, a polícia parou um outro condutor que tinha 5,50 gramas de álcool por litro de sangue em um teste do bafômetro. Esse era o resultado mais elevado alcançado por um motorista ao fazer o teste do bafômetro no mundo todo.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Últimas