Internacional Bebê morre por inalação de gás em confrontos na faixa de Gaza

Bebê morre por inalação de gás em confrontos na faixa de Gaza

Vítima de oito meses de idade foi a óbito após inalar gás lacrimogênio; manifestantes convocaram novos protestos para esta terça-feira (15)

Protestos em Gaza

Bebê morreu por inalação de gás lacrimogênio em protestos na fronteira

Bebê morreu por inalação de gás lacrimogênio em protestos na fronteira

REUTERS/Mohammed Salem/15.05.2018

Um bebê morreu por inalação de gás lacrimogênio durante os protestos nesta segunda-feira (14) na faixa de Gaza. A vítima tinha oito meses de idade e se chamava Laila al-Ghandour, de acordo com informações da agência Reuters.

Pelo menos 60 palestinos foram mortos na região durante manifestação contra a inauguração da nova embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, um reconhecimento formal da cidade como capital de Israel. O número foi confirmado pelo Ministério da Saúde palestino.

Manifestantes protestam nesta terça-feira (15)

Manifestantes protestam nesta terça-feira (15)

REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa

Foi o dia com mais mortes de palestinos na faixa de Gaza desde 2014. Além das vítimas fatais, mais de 2 mil pessoas ficaram feridas por armas de fogo, gás lacrimogêneo ou outros meios.

Nesta terça-feira (15), os manifestantes palestinos já começam a se reunir novamente na região, construindo barricadas de pneus para protestos em lembrança do 70º aniversário do chamado Nakba — exílio palestino provocado pela criação do Estado de Israel.

    Access log