Internacional Belarus tem novas manifestações pró e contra Lukashenko 

Belarus tem novas manifestações pró e contra Lukashenko 

Neste domingo (16) as ruas de Minsk foram tomadas por manifestantes, incitados pela  reeleição do atual presidente, no poder há 26 anos

  • Internacional | Do R7, com Reuters

Manifestantes pró Lukashenko se reuniram em Minsk, próximos a Casa do Governo

Manifestantes pró Lukashenko se reuniram em Minsk, próximos a Casa do Governo

Vasily Fedosenko - Reuters 16.08.2020

Manifestações a favor e contra o presidente Alexander Lukashenko ocorreram neste domingo (16) em Minsk, capital de Belarus. Os eventos marcam o aumento de tensões na região, provocado pelas suspeitas de fraude nas eleições presidenciais que reelegeram Lukashenko.

Pela primeira vez após as eleições os apoiadores do presidente se reuniram para prestigiá-lo publicamente e ouvir seu discurso. O evento aconteceu no centro de Minsk, próximo à Casa do Governo.

Placa diz: 'Queremos eleições justas'

Placa diz: 'Queremos eleições justas'

Vasily Fedosenko - Reuters 16.08.2020

Por outro lado, os opositores seguem demonstrando sua insatisfação com as eleições, mesmo após o apelo do presidente para o encerramento das manifestações. Pessoas se reuniram novamente na capital para pedir liberdade aos presos políticos que ainda estão detidos e a renúncia do presidente.

Tensão internacional

Lukashenko, no poder desde 1994, se apoia na confirmação oficial de sua vitória pela Comissão Eleitoral Central (CEC) de Belarus e também no auxílio externo de presidentes como Vladmir Putin — que confirmou que enviará apoio militar para conter as manifestações, caso necessário.

Porém, a oposição internacional também é firme. Nesta sexta-feira (14), a União Europeia concluiu que o bloco "não aceita os resultados eleitorais em Belarus e começará a trabalhar na aplicação de sanções aos responsáveis pela violência e pela fraude".

Últimas