Rússia x Ucrânia

Internacional Biden nomeia experiente diplomata como embaixadora na Ucrânia

Biden nomeia experiente diplomata como embaixadora na Ucrânia

Bridget Brink atua na embaixada americana na Eslováquia e vai ocupar o cargo, que está oficialmente vago desde 2019

AFP
Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden

Stefani Reynolds / AFP

O presidente Joe Biden designou a diplomata de carreira Bridget Brink como a próxima embaixadora dos Estados Unidos na Ucrânia, anunciou nesta segunda-feira (25) a Casa Branca. 

Com a nomeação de Brink, Biden escolheu uma experiente diplomata que fala russo para ser sua representante em um país que sofre uma invasão em grande escala por parte de Moscou. 

Brink, atual embaixadora dos Estados Unidos na Eslováquia, ocupará um posto que está oficialmente vago desde 2019. 

"Passou seus 25 anos de carreira no serviço exterior centrada no avanço da política americana na Europa e na Eurásia", afirmou a Casa Branca em um comunicado para anunciar a designação de Biden. 

Brink também foi comandante da missão adjunta nas embaixadas dos Estados Unidos no Uzbequistão e na Geórgia e no início da carreira trabalhou em Belgrado (na então República Federal da Iugoslávia) e no Chipre. 

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, visitou Kiev neste domingo (24), onde se reuniu com o presidente ucraniano Volodmir Zelenski e comunicou que Biden iria nomear Brink para o posto. 

Blinken também disse a Zelenski que os Estados Unidos têm a intenção de trazer os diplomatas de volta a Kiev nesta semana, meses após sua retirada para a cidade ucraniana de Lviv e a vizinha Polônia. 

Embora vários países europeus tenham reaberto suas embaixadas em Kiev, o retorno dos diplomatas americanos será gradual, segundo um funcionário do Departamento de Estado.

A nomeação de Brink por Biden ainda tem de ser confirmada pelo Senado americano. A Câmara Alta está dividida igualmente entre democratas e republicanos, mas dada a urgência das condições na Ucrânia espera-se que Brink seja confirmada para o posto. 

Últimas