Internacional Candidato a prefeito é assassinado na véspera das eleições no México

Candidato a prefeito é assassinado na véspera das eleições no México

René Tovar, do partido Movimento Cidadão, foi morto dentro da própria casa por um grupo de homens armados

René Tovar foi assassinado dentro de sua própria casa

René Tovar foi assassinado dentro de sua própria casa

Reprodução / Twitter

Um candidato a prefeito foi morto a tiros no estado de Veracruz, no México, uma das regiões mais violentas contra políticos durante o atual processo eleitoral. O candidato do partido Movimento Cidadão para prefeito de Cazones, René Tovar, foi morto a tiros em sua casa por um comando armado na noite desta sexta-feira (4).

Leia também: México: candidata da esquerda é sequestrada junto com a família

Os colaboradores de Tovar o levaram em uma van para um hospital particular no município de Poza Rica, onde ele chegou sem sinais vitais. O fato chocou a classe política de Veracruz.

O partido Movimento Cidadão descreveu o crime como "aberrante e brutal" em um comunicado emitido neste sábado, no qual expressou "profunda indignação e raiva". "Simpatizamos com suas famílias e entes queridos por esta terrível perda e lhes dizemos que eles têm nosso total apoio", destaca o boletim.

Neste domingo, quase 6 milhões de eleitores irão às urnas no estado de Veracruz para eleger 212 autoridades municipais e 30 deputados locais com uma escolha de candidatos de 14 partidos.

Mais uma vez, a campanha no México foi manchada de sangue pela violência e pelo crime organizado, com pelo menos 90 políticos assassinados desde setembro, 36 dos quais eram candidatos. Além disso, foram registrados mais de 780 ataques a integrantes da classe, superando o recorde de 2018, quando houve eleições presidenciais, federais e locais.

Últimas