Guerra Israel x Hamas

Internacional Centenas de manifestantes se reúnem na Embaixada dos EUA em Beirute, no Líbano

Centenas de manifestantes se reúnem na Embaixada dos EUA em Beirute, no Líbano

Cerca de mil pessoas, incluindo apoiadores do Hezbollah, estavam presentes no protesto

  • Internacional | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Centenas de manifestantes protestaram na Embaixada dos EUA no Líbano.
  • Cerca de mil pessoas, incluindo apoiadores do Hezbollah, estavam presentes.
  • O orotesto ocorreu depois da explosão em um hospital de Gaza, que deixou 500 mortos.
Manifestantes atiraram pedras e coquetéis molotov

Manifestantes atiraram pedras e coquetéis molotov

José Eid/AFP - 17.10.2023

Centenas de manifestantes se reuniram na Embaixada dos Estados Unidos em Beirute, no Líbano, na noite desta terça-feira (17), depois que uma explosão que atingiu um hospital na Faixa de Gaza deixou cerca de 500 mortos.

Cerca de mil pessoas, incluindo apoiadores do Hezbollah, estavam presentes, segundo a emissora Fox News.

O protesto foi motivado por um pedido do Hezbollah às pessoas de todo o mundo árabe para que iniciassem protestos em frente às embaixadas israelenses. Como não há nenhuma em Beirute, os manifestantes foram às embaixadas dos Estados Unidos e da França, por causa da ajuda desses países a Israel.

Os manifestantes atiraram pedras e coquetéis molotov, o que causou um incêndio perto da embaixada americana.

De acordo com agência de notícias AFP (Agence France Presse), dezenas de manifestantes tentaram invadir a embaixada israelense em Amã, na Jordânia, ultrapassaram uma barreira de segurança e aproximaram-se da entrada. A segurança da embaixada usou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes.

Furiosos após explosão em hospital, manifestantes protestam perto da Embaixada dos EUA no Líbano

Últimas