Internacional Chanceler russo diz que resistência ao talibã está sendo organizada

Chanceler russo diz que resistência ao talibã está sendo organizada

Movimento estaria no nordeste da capital Cabul e teria como um dos comandantes o  vice-presidente do Afeganistão

AFP
Talibã está no controle da capital Cabul desde domingo (15)

Talibã está no controle da capital Cabul desde domingo (15)

AREF KARIMI / AFP

A resistência aos talibãs está sendo organizada na região do Panshir, liderada pelo vice-presidente Amrullah Saleh e pelo filho do comandante Masud, o emblemático líder antitalibã falecido nos anos 1990, afirmou nesta quinta-feira (19) o ministro russo das Relações Exteriores, Sergueï Lavrov.

"Os talibãs não controlam todo o Afeganistão. Há informações que chegam de Panshir, ao nordeste de Cabul, onde se concentram as forças da resistência do vice-presidente Saleh e de Ahmad Masud", disse Lavrov.

O chanceler russo voltou a pedir um "diálogo nacional que permita a formação de um governo representativo", ao destacar que Moscou já defendia a ideia antes que os talibãs assumissem o poder em Cabul e na maior parte do país.

O governo da Rússia apoiou uma iniciativa neste sentido do ex-presidente afegão Hamid Karzaï e também enviou sinais conciliadores aos talibãs.

Saleh, que foi vice-presidente do governo de Ashraf Ghani, prometeu não aceitar o governo dos talibãs e se refugiou no vale de Panshir.

Masud também anunciou que fará oposição aos talibãs e reivindicou a luta por liberdade liderada por seu pai, herói da resistência contra a União Soviética e posteriormente contra os talibãs.

O comandante Masud morreu em um ataque dois dias após os atentados de 11 de setembro de 2001.

Os dois homens parecem estabelecer o primeiro capítulo da rebelião contra o novo regime na zona de Panshir, uma zona de difícil acesso e que nunca ficou sob controle dos talibãs. 

As tropas soviéticas também não controlaram a região durante a década de 1980.

Últimas