Internacional Comentarista da FoxNews questiona causa da morte de Floyd

Comentarista da FoxNews questiona causa da morte de Floyd

Tucker Carlson questionou narrativa sobre o assassinato do homem negro por quatro policiais, que virou símbolo de protestos antirracistas

  • Internacional | Do R7

O apresentador e comentarista da FoxNews, Tucker Carlson

O apresentador e comentarista da FoxNews, Tucker Carlson

Reprodução / FoxNews

O comentarista da rede de TV norte-americana FoxNews, Tucker Carlson, levantou dúvidas sobre a causa da morte de George Floyd, um homem negro acusado de usar uma nota falsa de 20 dólares e que foi mantido por 8 minutos e 16 segundos preso ao chão por quatro policiais de Minneapolis que se ajoelharam sobre o seu corpo, inclusive o seu pescoço. Floyd morreu, segundo o laudo oficial da perícia, de asfixia mecânica.

Carlson, em seu programa na terça-feira (4), reconhece que o episódio mudou o país, mas disse que ainda há que se esclarecer os episódios anteriores às imagens já amplamente divulgadas de um oficial, Derek Chauvin, ajoelhado sobre o pescoço de Floyd. O comentarista afirma que há uma narrativa consolidada sobre o que dizem ser um assassinato.

Ele diz estranhar que a íntegra das imagens não tenha sido divulgadas. Além de vídeos feitos por pessoas que passavam no local da detenção de Floyd, em Minneapolis, esta semana foram vazadas as gravações feitas pelas câmeras corporais de dois dos quatro policiais presos sob acusação de assassinato. Em todas as imagens, o homem negro sob os joelhos dos policiais diz a frase que virou mote de protestos antirracistas: "Eu não consigo respirar."

Foto de perfil da página de George Floyd no Facebook. Floyd foi assassinado por policiais em Minneapolis

Foto de perfil da página de George Floyd no Facebook. Floyd foi assassinado por policiais em Minneapolis

Reprodução / Facebook

O comentarista da FoxNews, emissora conhecida pelo seu viés conservador, questiona o que ocorre antes das imagens, dando a entender que Floyd poderia ter feito algo que levasse os policiais a o jogarem no chão e o imobilizarem com os joelhos.

Fentanil

Tucker Carlson especula se George Floyd estaria com um comportamento agitado e afirma que a perícia encontrou "altas doses" de fentanil, um medicamento usado para controle da dor.

O fentanil é um opioide, 100 vezes mais potente que a morfina, de rápida ação. É muito utilizado em procedimentos anestésicos e também em dor crônica na forma de adesivo aplicado na pele, comercializado como "durogesic".

Por seus efeitos sobre o sistema nervoso, ele também é consumido por "recreação" e seus usuários relatam um "barato" semelhante à  heroína, mas mais fugaz.

O fentanil diminui a ação do sistema nervoso central e pode causar depressão respiratória, conforme a dose utilizada. Outra ação do fentanil é a rigidez muscular, que compromete principalmente os músculos torácicos.

O fentanil é de efeito rápido. E a causa maior de morte é por depressão respiratória.

Últimas