Internacional Contra imigrantes, Grécia põe fronteiras em alerta máximo

Contra imigrantes, Grécia põe fronteiras em alerta máximo

Região vive risco de nova crise migratória em função da tensão crescente entre União Europeia e Turquia, que pressiona por apoio na guerra da Síria

Reuters
Policial ataca imigrante com carrinho de bebê em Mytilene, na Grécia

Policial ataca imigrante com carrinho de bebê em Mytilene, na Grécia

Costas Baltas / Reuters - 3.3.2020

Tropas de choque gregas continuavam em alerta máximo nesta terça-feira (3) ao longo da fronteira terrestre entre a Grécia e a Turquia, foco de uma crise crescente entre a União Europeia e Ancara a respeito da maneira de lidar com uma nova onda de imigrantes e refugiados.

Cerca de 10 mil imigrantes vêm tentando romper a fronteira desde que a Turquia abriu suas fronteiras, deixando de cumprir um acordo firmado com a UE em 2016 para manter refugiados em seu território em troca de bilhões de euros de ajuda.

Autoridades gregas disseram que a divisa ficou tranquila de madrugada, um contraste com os confrontos vistos no final de semana e na segunda-feira, quando a polícia usou gás lacrimogêneo contra os imigrantes, inclusive mulheres e crianças, retidas na terra de ninguém.

"Só houve algumas tentativas hoje (de imigrantes cruzarem a fronteira). Vamos torcer para eles entenderem o recado", disse um soldado do Exército, munido de uma metralhadora, à Reuters perto da passagem fronteiriça de Kastanies.

'Fronteira da Grécia é a da Europa'

Jipes do Exército patrulhavam a área, e as estradas que levam ao rio Evros, que assinala a divisa greco-turca, continuavam interditadas.

"As fronteiras da Grécia também são as fronteiras da Europa", disse o primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, em um comunicado emitido antes da inspeção dos chefes das três principais instituições da UE na área, planejada para ocorrer ainda nesta terça-feira.

Os presidentes da Comissão Europeia executiva, do Conselho Europeu — que representa os governos nacionais — e do Parlamento Europeu querem demonstrar sua solidariedade com a Grécia agora que o país luta para conter a nova maré de imigrantes.

Últimas