Coreia do Norte
Internacional Coreia do Norte faz terceiro teste de mísseis balísticos em 8 dias

Coreia do Norte faz terceiro teste de mísseis balísticos em 8 dias

Dois disparos foram feitos durante a tarde. Coreia do Sul convocou uma reunião emergencial para analisar o novo teste do país vizinho

Teste de míssil é terceiro em oito dias

Teste de míssil é terceiro em oito dias

KCNA via REUTERS - 4.5.2019

A Coreia do Norte lançou nesta quinta-feira (1) dois novos mísseis a partir da costa leste do país, o que constitui o terceiro teste armamentístico realizado pelo regime de Kim Jong-un em oito dias.

Segundo o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul, os mísseis foram lançados às 2h59 e 3h23 no horário local (14h59 e 15h23 no horário de Brasília) a partir da cidade de Yonhung e caíram no Mar do Japão. O órgão ainda não determinou que tipo de armamento foi utilizado no teste de hoje.

"Estamos seguindo a situação de perto caso haja lançamentos adicionais e mantendo uma postura de preparação", disse o comando do Exército da Coreia do Sul.

O governo da Coreia do Sul convocou uma reunião emergencial para analisar o novo teste armamentístico do país vizinho. Ontem, a Coreia do Norte lançou dois mísseis balísticos de curto alcance a partir de uma plataforma de disparo múltiplo. O primeiro dos testes havia ocorrido no último dia 25.

Os mísseis disparados no último teste não chegaram às águas do Japão nem à zona econômica exclusiva do país, segundo um porta-voz do governo.

Fontes militares dos Estados Unidos disseram à agência sul-coreana "Yonhap" que os mísseis usados hoje devem ser de curto alcance pela trajetória que percorreram.

Os seguidos testes realizados pela Coreia do Norte ocorrem enquanto o governo de Donald Trump tenta restabelecer o diálogo sobre a desnucleariazação do país com o líder do regime, Kim Jong-un.

As negociações estão travadas desde a segunda cúpula entre eles, em fevereiro, no Vietnã. No fim de junho, Trump se encontrou com Kim na fronteira entre as duas Coreias.

Na ocasião, os dois se comprometeram a retomar as conversas sobre o programa nuclear do regime de Pyongyang.