Internacional Egito: megatempestade de areia mata quatro pessoas

Egito: megatempestade de areia mata quatro pessoas

O fenômeno é comum no país entre a primavera e início do verão, mas em intensidades menores

  • Internacional | Larissa Crippa*, do R7

Resumindo a Notícia

  • Uma tempestade de areia fez vítimas no Egito e aterrorizou pessoas.
  • O fenômeno é comum nessa época do ano, mas com menor intensidade.
  • A polícia fechou pontos da cidade do Cairo e alertou os cidadãos locais.
Tempestades de areia são comuns no Egito

Tempestades de areia são comuns no Egito

Reprodução Twitter/@ShireefAlMahdi

Uma grande tempestade de areia matou quatro pessoas e deixou mais quatro feridas na quinta-feira (1º), no Egito. O fenômeno aconteceu na região de Cairo, a capital do país.

Pessoas publicaram nas redes sociais vídeos e fotos em que estruturas são derrubadas e a areia cobre partes da cidade.

Segundo o jornal The National News, uma das vítimas morreu dentro do carro, depois que um outdoor publicitário desabou sobre o veículo em que estava.

Os relatórios da policiais informaram que uma menininha foi esmagada por outro painel de publicidade, em uma cidade próxima de Cairo.

Um homem foi atingido por uma palmeira na província do delta do Nilo e não resistiu ao impacto.

Na cidade de Suez, no mar Vermelho, um jovem morreu após se desequilibrar na varanda do próprio quarto enquanto observava a tempestade de areia.

O painel de publicidade que caiu em Cairo ficava em uma passarela que ligava as duas margens do rio Nilo.

A polícia local precisou desviar o tráfego, o que causou congestionamento em grande parte do centro da cidade por horas. Dois portos no mar Vermelho também tiveram de ser fechados.

Ainda segundo as autoridades, os ventos ultrapassavam 4 metros de altura. Tempestades de areia conhecidas como "khamasin" são comuns no Egito durante a primavera e o início do verão, mas não nessa magnitude. 

As pessoas que viviam na região afetada foram aconselhadas a evitar o contato direto com a luz solar, pelo aumento de temperaturas que vêm com as tempestades de areia, e a utilizar máscaras ao sair de casa. 

Egito revela a descoberta de 250 sarcófagos e de 150 estátuas

Últimas