Em meio a rumores, Kim completa 15 dias sem aparecer

Não é a primeira vez que o líder norte-coreano fica sem aparecer. Em 2014, ele 'sumiu' por 40 dias

Há muitos rumores sobre o líder norte-coreano envolvendo seu estado de saúde

Há muitos rumores sobre o líder norte-coreano envolvendo seu estado de saúde

KCNA via REUTERS - 10.09.2019

A última aparição pública do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, está completando 15 dias neste domingo (26), em meio a relatos conflitantes sobre seu estado de saúde. Entretanto, de acordo com fontes da Coreia do Sul, nada de anormal foi observado em Pyongyang.

Kim, que acredita-se ter 36 anos de idade, obeso, fumante e com antigos problemas de saúde, segundo diversas fontes, está sendo alvo de inúmeras notícias e vários rumores, incluindo até que estaria morto. Foto é que há poucas certezas sobre seu verdadeiro estado de saúde.

A última aparição pública do líder norte-coreano foi no dia 11 deste mês, quando ele presidiu uma reunião do gabinete político do Partido dos Trabalhadores, que foi relatado pelo governo norte-coreano no dia seguinte.

O mistério sobre seu estado de saúde é alimentado por suspeitas de que ele possa ter sido submetido a cirurgia recentemente, com subsequentes complicações, em meio à escuridão de informações que prevalece em Pyongyang.

A agência oficial norte-coreana "KCNA", que costuma acompanhar com muito cuidado as atividades de Kim, está reproduzindo atualmente mensagens que supostamente enviaram ou receberam de políticos de outros países.

A estação de rádio estatal também disse que Kim enviou hoje seus parabéns a alguns trabalhadores na cidade de Samjiyon, sem mais detalhes e sem que sua voz seja ouvida.

Nenhuma foto do líder foi divulgada nessas últimas duas semanas, quer visitando instalações civis ou militares, ou supervisionando testes de balísticos ou de artilharia.

De fato, ele esteve ausente no teste mais recente, no último dia 14, quando a Coreia do Norte lançou vários mísseis de cruzeiro anti-navio nas águas do Mar do Japão.

Ele também não compareceu no dia seguinte ao Dia do Sol, feriado nacional que comemora o nascimento do fundador e avô do atual líder, Kim Il-sung, continuando a alimentar suspeitas sobre seu estado de saúde.

Líder já ficou desaparecido por 40 dias

Mas também não é a primeira vez que Kim "desaparece". Em 2014, ele ficou ausente dos holofotes durante 40 dias e reapareceu mancando depois do que os serviços de inteligência sul-coreanos acreditam que ele teria passado por uma cirurgia no tornozelo.

O portal de notícias norte-coreano "38 North" publicou recentemente fotos de satélite tiradas entre 21 e 23 deste mês, mostrando o trem que Kim costuma usar estacionado em um acampamento na cidade de Wonsan.

A estação onde se encontra o trem, de acordo com o "38 North", não é para uso público, mas é reservada apenas para o líder norte-coreano.

Leia mais: Trem que pode ser de líder norte-coreano é visto em cidade turística

As dúvidas sobre o estado de saúde de Kim foram aumentadas quando a rede americana "CNN" informou na última terça-feira (21) que, segundo fontes não identificadas, Kim estava em "sério perigo" após uma operação cirúrgica.

Mas dois dias depois, os serviços de inteligência da Coreia do Sul disseram que "nenhuma situação incomum" foi vista em Pyongyang no meio de especulações sobre a saúde de Kim.

Nesse mesmo dia, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que as notícias da "CNN" eram falsas.

Mas as conjecturas continuaram desde então, mesmo com meios de comunicação pouco confiáveis e fontes obscuras que assumem que o líder norte-coreano está morto, como um portal de Hong Kong, ou que está em um "estado vegetativo", como afirma uma revista japonesa.

As conjecturas não apenas mencionam o estado de saúde de Kim, mas estendem-se à possibilidade de que nas próximas horas a Coreia do Norte realize um novo teste balístico, segundo o jornal sul-coreano "Dong-a Ilbo".

Se este teste for realizado, poderá ser a ocasião para Kim mostrar que está vivo e, assim, encerrar a nova rodada de versões contraditórias sobre seu estado de saúde.