Internacional Entenda o símbolo de 3 dedos usado nos protestos em Mianmar

Entenda o símbolo de 3 dedos usado nos protestos em Mianmar

Gesto apareceu pela primeira vez na literatura infanto-juvenil e foi usado em 2014 na Tailândia como um sinal contra a opressão

Três dedos se tornaram símbolo nos protestos na Ásia e tomaram as ruas de Mianmar

Três dedos se tornaram símbolo nos protestos na Ásia e tomaram as ruas de Mianmar

Stringer/Reuters - 07.02.2021

Por todo mundo, protestos contra governos autoritários contam com símbolos que ajudam manifestantes a se encontrarem, representam suas reivindicações e causam temor naqueles a quem são alvo das manifestações pelas ruas.

Desde 2014, a Tailândia adotou o símbolo de três dedos levantados para protestar contra a monarquia do país. O gesto logo se espalhou e chegou aos protestos contra o golpe militar em Mianmar, em fevereiro deste ano.

Apesar de hoje o símbolo pedir por liberdade de expressão, democracia e lutar contra a opressão do sistema, quando ele apareceu na literatura infanto-juvenil ele carregava um significado diferente.

Os três dedos levantados apareceram na cultura popular com a série de livros Jogos Vorazes, que retrata uma sociedade distópica em um futuro pós-apocalíptico na América do Norte, em que a região foi dividida em 13 distritos e, anualmente, cada distrito sorteava um menino e uma menina para lutarem em uma arena pela sobrevivência.

Na história, os três dedos eram usados como forma de agradecimento, admiração e despedida a alguém querido. A protagonista, Katniss Everdeen, ergueu os três dedos pela primeira vez ao entrar na arena antes do início dos jogos, e depois repetiu o gesto ao longo da revolução.

Na saga Jogos Vorazes, símbolo significava admiração, agradecimento e despedida

Na saga Jogos Vorazes, símbolo significava admiração, agradecimento e despedida

Reprodução

O primeiro filme da saga chegou aos cinemas em 2012, e em 2014 já estava nas ruas de Bangkok, capital da Tailândia, quando milhares de manifestantes protestaram contra o golpe militar do general Prayut. Na época, os militares decidiram que controlariam o país por 5 anos, e manifestantes pediam a saída das Forças Armadas do poder, a realização de novas eleições e uma nova constituição.

O gesto simboliza a luta contra opressão, democracia e liberdade de expressão

O gesto simboliza a luta contra opressão, democracia e liberdade de expressão

Nyein Chan Naing/EFE/EPA - 16.01.2021

Os três dedos logo se tornaram alvo da polícia, que prendia manifestantes que usavam o gesto ao longo das marchas. Segundo o ativista Than Rittiphan, que deu entrevista à BBC em 2014, foi justamente a repressão policial que fez com que o símbolo de resistência ficasse tão popular.

No ano passado, milhares de manifestantes voltaram às ruas da Tailândia para protestar contra a monarquia e pedir uma nova constituição. E com eles, os três dedos voltaram a aparecer.

Em fevereiro deste ano, manifestantes em Mianmar tomaram as ruas depois que militares deram um golpe de Estado no país, prendendo a líder e o presidente do país e assumindo o poder por um ano. Nas marchas, era comum encontrar os três dedos levantados pedindo democracia.

Na série fictícia, a revolução de Katniss é bem-sucedida, mas custou caro, com aliados e parte da população morrendo pela liberdade. Na vida real, a polícia também reprime violentamente os protestos e as revoluções locais parecem longe de acabar.

Últimas