EUA anunciam acordo para retirada de tropas do Afeganistão

Termos do acordo sobre a saída de militares norte-americanos e da Otan foi anunciado neste sábado (29). Ação militar já dura 18 anos 

Tropas devem ser retiradas do Afeganistão

Tropas devem ser retiradas do Afeganistão

Watan Yar / EPA - EFE - 22.2.2020

Estados Unidos e Afeganistão anunciaram na manhã deste sábado (29) os termos do acordo para a retirada de tropas americanas e da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) do país. O anúncio foi feito em Doha, no Catar, e o processo deve levar 14 meses.

Leia mais: Quem está morrendo na guerra do Afeganistão?

A Otan, em um texto divulgado em seu site, conclamou o Talibã a "alcançar um acordo de paz abrangente". A organização afirmou que o acordo "ponha fim à violência, proteja os direitos humanos de todos os afegãos, incluindo mulheres e crianças, defenda o estado de direito e garanta que o Afeganistão nunca mais sirva como um porto seguro para terroristas. É importante que todas as partes se envolvam construtivamente nesse processo."

Leia mais: EUA exigem Talibã comprometido com paz no Afeganistão

No Twitter, Jens Stoltenberg, secretário geral da Otan, declarou que "o acordo é o primeiro passo para o fim de décadas de devastação e conflito" e completou: "é um tempo de paz".

Conflito

O exército norte-americano ocupa o Afeganistão desde outubro de 2001, como uma resposta aos ataques de 11 de setembro. Até o momento, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas) 100 mil civis morreram no conflito.