Internacional EUA: sem salário, controladores de voos ganham pizzas de canadenses

EUA: sem salário, controladores de voos ganham pizzas de canadenses

Presente de operadores de tráfego aéreo do Canadá foi enviado no momento em que funcionários americanos sofrem com paralisação parcial do governo

Paralisação parcial do governo Trump

Americanos foram presenteados por colegas canadenses

Americanos foram presenteados por colegas canadenses

Reprodução/Facebook

O gesto de solidariedade apareceu nas manchetes mundo afora: controladores de tráfego aéreo das províncias atlânticas do Canadá compraram pizzas para seus colegas americanos do Centro de Controle de Tráfego Aéreo de Nova York na última sexta-feira (11). As informações são da Canadian Broadcasting Corporation, rede de notícias pública canadense.

O presente foi enviado no momento em que os funcionários públicos dos Estados Unidos se encontram sem receber seus salários por conta da paralisação parcial do governo norte-americano — que entrou em seu 24º dia nesta segunda-feira (14). O "shutdown" se dá porque o presidente Donald Trump exige 5,7 bilhões de dólares (aproximadamente R$ 20 bi) para construir um muro na fronteira com o México. Os democratas, que controlam a Câmara dos Deputados nos EUA, se recusam a aprovar o financiamento para a barreira.

Pelo menos 14.000 trabalham sem receber

Considerado um serviço essencial à população, o controle de tráfego aéreo não pode ser suspenso e os trabalhadores do setor são impedidos de parar suas atividades ou se dedicar a outras áreas durante a paralisação. Segundo a Associação Nacional de Controladores de Tráfego Aéreo (NATCA, na sigla em inglês) norte-americana, há atualmente 14.000 controladores de voos trabalhando sem remuneração no país.

O envio de pizzas para os colegas dos EUA já é considerado um 'esforço nacional' entre os controladores de voos do Canadá. Até a manhã de domingo, 'canadenses enviaram pizzas para 35 unidades diferentes nos EUA', de acordo com a CBC. No Facebook, os operadores americanos de New England fizeram um post em agradecimento ao presente. "É bom saber que temos pessoas por aí que realmente se importam e querem ajudar em um momento de necessidade!", afirmou a publicação.

Peter Duffey, presidente da Associação Canadense de Controle de Tráfego Aéreo (CATCA, na sigla em inglês) declarou à CBC que os controladores do Canadá consideram os americanos seus colegas de trabalho. "Estamos todos cuidando dos céus da América do Norte", disse.