Internacional Funeral de presidente do Haiti será realizado em 23 de julho

Funeral de presidente do Haiti será realizado em 23 de julho

Cerimônia com honras de Estado acontecerá perto da cidade-natal de Jovenel Moise, no norte do Haiti

Agência EFE
Memorial em homenagem ao presidente assassinado do Haiti, Jovenel Moise

Memorial em homenagem ao presidente assassinado do Haiti, Jovenel Moise

Orlando Barría / EFE - 16.7.2021

O funeral de Estado do presidente do Haiti, Jovenel Moise, assassinado a tiros em 7 de julho, será realizado daqui a uma semana, no próximo dia 23, em Cap-Haitien, no norte do país, comunicou o governo nesta sexta-feira (16).

Leia também: Pentágono confirma que treinou colombianos detidos no Haiti

O anúncio foi feito pelo ministro de Cultura e Comunicação, Pradel Henríquez, em discurso ao lado do primeiro-ministro interino, Claude Joseph.

A cerimônia fúnebre se estenderá por três dias, começando no dia 20 de julho, quando o governo fará uma homenagem no Museu do Panteão Nacional, em Porto Príncipe.

Na próxima quinta-feira será realizado o velório e, no dia seguinte, o funeral de Estado na cidade de Cap-Haitien, por desejo da família do mandatário. Os horários e lugares exatos das cerimônias serão detalhados em um decreto que será publicado em breve, acrescentou o ministro.

Jovenel Moise nasceu em Trou-du-Nord, perto de Cap-Haitien, a cidade mais importante do norte do país. O presidente foi assassinado em um ataque armado à sua residência, no bairro de Pelerin, em Porto Príncipe. A primeira-dama, Martine, também ficou ferida e está internada em Miami, nos Estados Unidos.

Últimas