Governo do Líbano exige investigação rápida sobre explosão

Comitê de investigação tem 4 dias para fazer relatório apontando os responsáveis pelo acidente. Negligência é apontada como possível causa 

A equipe de investigação do Líbano tem 4 dias para descobrir os responsáveis pela megaexplosão no porto de Beirute na última terça-feira (4), disse o chanceler libanês Charbel Wehbe em entrevista à rádio francesa Europe 1 nesta quinta-feira (6).

“Nesta manhã, uma decisão foi tomada para a criação de um comitê investigativo que tem 4 dias no máximo para providenciar um relatório detalhado sobre os responsáveis - como, quem, o quê, onde? Haverão decisões judiciais”, disse o ministro.

Até agora, as investigações apontam que negligência foi a causa da explosão de mais de 2 mil toneladas de nitrato de amônia. O acidente deixou mais de 130 mortos, 4 mil feridos e mais de 300 mil pessoas sem casa em Beirute.

“Aqueles que são responsáveis por esse crime horrível de negligência serão punidos por um comitê de juízes”, disse Wehbe.