Internacional Grécia: incêndios florestais tiram milhares de pessoas de suas casas

Grécia: incêndios florestais tiram milhares de pessoas de suas casas

Equipes trabalham para combater 56 pontos ativos de fogo após onda de calor mais forte dos últimos 30 anos no Mediterrâneo

Equipes dos bombeiros tentam apagar o fogo que atinge as florestas da Grécia há dias

Equipes dos bombeiros tentam apagar o fogo que atinge as florestas da Grécia há dias

Costas Baltas/Reuters - 06/08/2021

A polícia grega foi de porta em porta pedindo às pessoas que deixassem suas casas no norte de Atenas nesta sexta-feira (6). Equipes de emergência estão com dificuldade para impedir que incêndios florestais se alastrassem por mais cidades enquanto ventos atiçam as chamas em toda a Grécia pelo quarto dia seguido.

A Grécia, como a maior parte do resto da Europa, está enfrentando condições climáticas extremas neste verão. Uma onda de calor de uma semana – a pior em 30 anos – desencadeou incêndios florestais simultâneos em muitas partes do país, queimando casas e matando animais conforme as chamas varrem milhares de hectares de terra.

Ao menos 56 incêndios ativos foram confirmados no país. Do Peloponeso, no oeste, à ilha de Evia, próxima de Atenas, onde centenas de pessoas tiveram que ser retiradas de barco enquanto o fogo incinerava florestas até chegar na costa.

"O incêndio em Ática é perigoso. Ele é imprevisível", disse o chefe da federação grega de bombeiros, Dimitris Stathopoulos, à Skai TV, referindo-se à região mais ampla que inclui a capital do país.

Milhares de pessoas fugiram de casa desde que os incêndios florestais no sopé do Monte Parnitha, situado pouco ao norte de Atenas, voltaram a arder na quinta-feira, e autoridades ordenaram o esvaziamento de vários subúrbios.

O fogo, que irrompeu na terça-feira, queimou os arredores da principal rodovia de ligação de Atenas com o norte grego, e centenas de bombeiros com aeronaves que lançam água lutavam para contê-lo.

Últimas