Internacional Guerra na Síria já matou quase 500 mil pessoas, diz ONG

Guerra na Síria já matou quase 500 mil pessoas, diz ONG

De acordo com os dados, a grande maioria das mortes ocorreu entre 2012 e 2015; país está em guerra desde março de 2011

Guerra na Síria já matou quase 500 mil pessoas, diz ONG

Guerra na Síria já matou quase 500 mil pessoas, diz ONG

Stringer/EFE - 16.04.2015

A ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) informou nesta terça-feira (1º) que quase 500 mil pessoas foram mortas na Síria em 10 anos de guerra.

De acordo com o diretor da ONG, Rami Abdel Rahmane, a grande maioria das mortes ocorreu entre os anos de 2012 e 2015.

No total, desde 2011, o conflito no território sírio causou 494.438 mortes, de acordo com o levantamento da OSDH.

O primeiro conflito foi registrado na Síria em 15 de março de 2011, quando o governo de Bashar al-Assad atacou os manifestantes que participavam do movimento que ficou conhecido como Primavera Árabe e que atingiu diversas nações da região ao pedir o fim dos regimes autoritários.

Em meio aos embates armados com o governo, começaram também a ocorrer conflitos que envolviam grupos extremistas e também entre rivais históricos. Além disso, não demorou para os governos internacionais se envolverem, com os russos e iranianos apoiando Assad e os países ocidentais atacante o regime. A partir de então, a nação ficou repartida entre inúmeras milícias.

As cenas de fugas dos cidadãos sírios atingiram os picos entre 2014 e 2017, quando se tornou algo "comum" ver milhões de pessoas fugindo para países vizinhos ou tentando a sorte na perigosa travessia do Mar Mediterrâneo.

Últimas