Internacional Homem-aranha de Paris volta a Mali e é recebido com festa

Homem-aranha de Paris volta a Mali e é recebido com festa

Gassama nasceu em uma aldeia no oeste de Mali. Atravessou o oceano em um barco em 2014 e se juntou ao seu irmão que já vivia na França

Homem aranha

Gassama se encontrou com o presidente malinês

Gassama se encontrou com o presidente malinês

Reprodução/Twitter

Mamoudou Gassama, o migrante malinês que ficou conhecido como "homem-aranha de Paris" após salvar a vida de uma criança de 4 anos que estava pendurada no quarto andar do prédio em que vivia no fim do mês passado, voltou ao seu país natal após quatro anos.

Gassama nasceu em uma aldeia no oeste de Mali. Atravessou o oceano em um barco em 2014 e se juntou ao seu irmão que já vivia na França. Os dois trabalham na construção civil.

"Estou muito, muito feliz porque todos vieram me encontrar no aeroporto e então vi meu pai e eu vi todos os membros da minha família. Eu não via meu pai há nove anos". disse à BBC África.

Gassama voltou a Mali para se encontrar com o presidente do país, Ibrahim Boubakar Keita.

O migrante chegou em seu país sendo tratado como um verdadeiro heró nacional. Houve uma carreata e ele foi escoltado por policiais malineses.

Depois de ter salvo a criança, Gassama se encontrou com o presidente francês Emmanuel Macron, que prometeu ao migrante a nacionalidade francesa.

Ele também conseguiu um emprego no Corpo de Bombeiros da França. Seu treinamento deve começar no final deste mês.

Sonho de conhecer jogador brasileiro

Gassama tinha o sonho de conhecer o lateral Marcelo, que atua pelo Real Madri. 

Ele foi convidade pelo jogador para assitir a partida contra a Áustria, em Viena. Foi o último amistoso da Seleção antes da Copa.

O migrante se encontrou com o jogador e recebeu uma camisa autografada pelo seu ídolo.

Depois, Gassama ainda se encontrou com o Tite, o técnico da Seleção brasileira.