Internacional Incêndio no Parque Nacional Otuquis, na Bolívia, dura três dias

Incêndio no Parque Nacional Otuquis, na Bolívia, dura três dias

Chamas tiveram início em uma área próxima da fronteira com o Paraguai e pode ter relação com a atividade de caçadores na região

  • Internacional | Da EFE

Parque Nacional Otuquis, na Bolívia, está em chamas desde quinta-feira (27)

Parque Nacional Otuquis, na Bolívia, está em chamas desde quinta-feira (27)

Reprodução Twitter

Um incêndio no Parque Nacional Otuquis, na Bolívia, mobilizou as autoridades do Paraguai e da região de Santa Cruz, onde está localizada a reserva.

As chamas começaram na quinta-feira (27) em uma área próxima ao Rio Negro, perto da fronteira paraguaia, onde não há comunidades, disse neste sábado (29) a vice-ministra do Ambiente, Magin Herrera.

O governador de Santa Cruz, Luis Fernando Camacho, publicou em sua conta no Twitter que "foi enviada uma brigada de instrutores da Secretaria do Meio Ambiente, que combaterão o fogo com bombeiros e profissionais da área protegida."

Pelo Facebook, o Serviço Nacional de Áreas Protegidas (Sernap) anunciou a ativação do "Plano de Contingência de Incêndios Florestais" e que a equipe de proteção do parque Otuquis está "monitorando e combatendo o incêndio".

No local do incêndio estão 20 soldados, 40 integrantes da Marinha boliviana e grupos de bombeiros voluntários, além de caminhões-pipa e membros do governo de Santa Cruz.

Acredita-se que por trás do incêndio estão caçadores que se deslocam nos arredores da estrada que vai da Bolívia ao Paraguai para tentar driblar os controles da fronteira. O Sernap já iniciou uma investigação, disse Herrera.

A situação foi agravada pelos fortes ventos registrados desde quinta-feira na região e pela queda da umidade devido à falta de chuva. Uma vez apagado o incêndio, serão avaliados os danos deixados pelo fogo, acrescentou o vice-ministro.

O parque Otuquis abrange mais de um milhão de hectares e possui 1.647 espécies de plantas, 700 de mamíferos, 400 de peixes e 1.100 de borboletas. A reserva faz parte do Pantanal boliviano.

Últimas