Guerra Israel x Hamas

Internacional Israel recebe a terceira lista de reféns que devem ser libertados pelo Hamas neste domingo (26)

Israel recebe a terceira lista de reféns que devem ser libertados pelo Hamas neste domingo (26)

Ainda não foram divulgados o número de pessoas que devem ser soltas pelo grupo terrorista nem o horário

  • Internacional | Do R7

Van leva ao hospital reféns libertados pelos terroristas do Hamas já na madrugada deste domingo (26)

Van leva ao hospital reféns libertados pelos terroristas do Hamas já na madrugada deste domingo (26)

JACK GUEZ/AFP - 26.11.2023

Depois de pôr em liberdade dois grupos de reféns, o Hamas enviou às autoridades israelenses uma terceira lista com o nome de pessoas que serão soltas ainda neste domingo (26). O gabinete do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, confirmou o recebimento do documento.

As autoridades israelenses estão checando a lista enviada pelos terroristas e informam que já avisaram a família dos sequestrados. Não foram divulgados o número de pessoas que devem ser liberadas nem o horário. Extraoficialmente, fala-se na soltura de 13 reféns.

O Hamas e Israel fizeram um acordo para um cessar-fogo de quatro dias para que houvesse a troca de reféns por prisioneiros palestinos que estão encarcerados em território israelense. Os terroristas sequestraram cerca de 240 pessoas, que foram levadas para Gaza após o ataque que aconteceu em 7 de outubro e provocou a guerra no Oriente Médio.

VOLTA AO LAR
Neste sábado (25), os terroristas libertaram, depois de certo atraso, 17 pessoas, sendo 13 israelenses e quatro tailandeses. Na sexta-feira (24), o Hamas liberou 24 reféns. Foram 13 mulheres e crianças israelenses, dez tailandeses e um filipino.

Em troca, a Autoridade Penitenciária israelense anunciou, na noite deste sábado (25), ter libertado mais 39 prisioneiros palestinos. Os prisioneiros palestinos são todos mulheres e adolescentes com menos de 19 anos, assim como os reféns libertados, também mulheres e crianças. Segundo o governo de Israel, os prisioneiros palestinos seriam libertados no presídio de Ofer, localizado próximo à cidade de Ramallah, na Cisjordânia.

Na sexta-feira, Israel já havia liberado mais 39 palestinos.

Últimas