Italiano morre em um dos principais locais turísticos da Jordânia

Engenheiro de 32 anos foi atingido na cabeça por uma pedra que despencou em Petra; segundo o governo, foi uma fatalidade causada por fortes chuvas

Petra, a cidade de pedra, é o mais importante ponto turístico da Jordânia

Petra, a cidade de pedra, é o mais importante ponto turístico da Jordânia

Andre Pain / EPA - EFE - 4.1.2019

Um turista italiano morreu após ser atingido na cabeça por uma pedra em um dos principais pontos turísticos e arqueológicos do mundo, a cidade de Petra, na Jordânia. O acidente aconteceu na última quinta-feira (20).

Leia também: Jordânia declara emergência por invasão de nuvens de gafanhotos

O engenheiro Alessandro Ghisoni, 32, estava em Petra com a esposa e cunhados. Ele estava saindo de uma das passagens estreitas na parede de pedra quando foi atingido por uma rocha que se desprendeu.

Segundo o governo jordaniano, teria sido uma fatalidade causada pela forte chuva que atingiu a região no dia anterior. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu ainda no local.

Patrimônio da humanidade

A cidade de Petra foi reconhecida como patrimônio histórico pela Unesco em 1985 e declarada uma das sete maravilhas do mundo moderno em 2007. Estima-se que ela tenha sido fundada em 312 a.C. pelos nabateus, ancestrais dos atuais árabes.

Atualmente é o principal ponto turístico da Jordânia, com uma média de cerca de 1 milhão de turistas por ano.