Internacional Madeleine McCann: procurador alemão diz que novas buscas em Portugal podem solucionar caso

Madeleine McCann: procurador alemão diz que novas buscas em Portugal podem solucionar caso

Cães farejadores são usados para fazer uma varredura nos arredores de um reservatório a 50 km do local do desaparecimento

  • Internacional | Do R7

Policiais de Portugal, do Reino Unido e da Alemanha estão no segundo dia das novas buscas em reservatório de água, no Algarve, para encontrar evidências que ajudem a solucionar o caso do desaparecimento de Madeleine McCann.

Segundo o promotor alemão Christian Wolters, o local onde os trabalhos estão sendo realizados pode dar pistas do que aconteceu com a garota britânica há 16 anos. Em entrevista para a NDR, ele evitou dar mais informações sobre as investigações.

“Temos indícios de que poderíamos encontrar evidências lá. Não quero dizer o que exatamente e também não quero dizer de onde vêm essas indicações", disse Wolters. “A única coisa que gostaria de esclarecer é que não vêm do suspeito. Não temos uma confissão nem algo semelhante agora”, completou.

O alemão Christian B., condenado por abusar de crianças e por estuprar uma mulher de 72 anos na região onde Madeleine sumiu, é tratado como principal suspeito pela polícia portuguesa e alemã. Ele nega qualquer envolvimento no desaparecimento.

As buscas por pistas foram retomadas nesta terça-feira (23). Um comunicado divulgado pelas autoridades de Portugal confirmou a operação, mas não explicou o que motivou a nova mobilização. 

O local onde as equipes trabalham no momento fica a 50 km do resort Praia da Luz, onde a família McCann passava férias, em 2007. Cães farejadores estão sendo usados para fazer uma varredura.

Últimas