Rússia x Ucrânia

Internacional Mais da metade das crianças ucranianas se deslocou após um mês de guerra, diz Unicef

Mais da metade das crianças ucranianas se deslocou após um mês de guerra, diz Unicef

No total, 4,3 milhões de crianças deixaram suas casas; 1,8 milhão de menores foram para outros países 

AFP
Menina ucraniana olha através de uma cerca ao chegar a uma estação de trem na Polônia

Menina ucraniana olha através de uma cerca ao chegar a uma estação de trem na Polônia

Hannah McKay/Reuters - 23.03.2022

Mais da metade das crianças na Ucrânia foi obrigada a abandonar suas casas desde que a Rússia iniciou a invasão do país, em 24 de fevereiro, informou o Unicef nesta quinta-feira (24).

"Um mês de guerra na Ucrânia provocou o deslocamento de 4,3 milhões de crianças, mais da metade da população infantil do país, calculada em 7,5 milhões", afirmou o Fundo das Nações Unidas para a Infância em um comunicado.

Do total de crianças deslocadas, 1,8 milhão de menores atravessaram a fronteira para buscar refúgio nos países vizinhos e 2,5 milhões permanecem na Ucrânia.

"A guerra provocou um dos maiores e mais rápidos deslocamentos de crianças desde a Segunda Guerra Mundial", afirmou a diretora-geral do Unicef, Catherine Russell.

"É uma triste realidade, que corre o risco de ter consequências duradouras para as próximas gerações. A segurança das crianças, seu bem-estar e o acesso aos serviços essenciais estão ameaçados por uma violência horrível e ininterrupta", acrescentou.

Ao menos 81 crianças morreram na guerra e 108 ficaram feridas, de acordo com os dados publicados nesta quarta-feira (23) pelo Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, que admite que os números são inferiores à realidade.

Últimas