Internacional Mexicana de 75 anos morre após ser vacinada contra covid

Mexicana de 75 anos morre após ser vacinada contra covid

Não foi informada causa da morte e 'não há evidência que sugira que vacina possa ter estado envolvida', dizem autoridades

  • Internacional | Da EFE

Mulher de 75 anos morreu no México após ser vacinada

Mulher de 75 anos morreu no México após ser vacinada

Edgard Garrido/Reuters - 11.3.2021

Uma mulher de 75 anos teve morte súbita pouco depois de ter sido vacinada contra a covid-19 no México, relataram na quinta-feira (11) as autoridades da Secretaria de Saúde do país, que, contudo, não confirmaram se o óbito teve ou não relação com a inoculação.

"Até agora, não há nenhuma informação clara sobre qual poderia ser a causa direta da morte, nem há evidência alguma que sugira que a vacina possa ter estado envolvida na causa da morte desta pessoa. O que encontramos foi doença cardíaca crônica", declarou o subsecretário de Saúde do país e estrategista contra a pandemia do coronavírus, Hugo López-Gatellis.

López-Gatellis explicou que o caso, ocorrido no município de Metepec, no estado de Hidalgo, está sendo estudado dentro dos Eventos Suspeitos de Atribuição de Vacinação ou Imunização (Esavi).

"Este infeliz evento fatal ocorreu em uma mulher de 75 anos, residente de Metepec, que foi vacinada quase ao meio-dia desta quarta-feira", declarou o subsecretário de Saúde durante entrevista coletiva do relatório técnico diário do coronavírus na Cidade do México.

Segundo ele, a pessoa permaneceu sob observação por cerca de 40 minutos depois da inoculação e ao sair da unidade de vacinação teve morte súbita. López-Gatellis relatou que na quinta foi realizada a autópsia, que pode ajudar a esclarecer a causa da morte.

O epidemiologista disse também que especialistas do Instituto Nacional de Doenças Respiratórias, Cardiologia e Neurologia estavam envolvidos em um estudo anatomopatológico.

Horas antes, o governador de Hidalgo, Omar Fayad, informou ter solicitado uma investigação entre as autoridades sanitárias nacionais e estaduais para descobrir as causas que levaram à "infeliz morte de uma pessoa idosa neste processo de vacinação".

O plano de vacinação para maiores de 60 anos no estado, localizado na região central do México, começou na última segunda-feira na capital Pachuca e na região da serra Otomí-Tepehua com a CoronaVac.

Até esta quinta-feira, o México acumulou um total de 193.142 mortes por covid-19 e 2.151.028 infecções por coronavírus. O país tem em vigor seu plano de vacinação que, até agora, totaliza 3,77 milhões de doses aplicadas.

Últimas