Estados Unidos

Internacional Modelo que teria despertado ódio do atirador da Califórnia está "devastada" por ser associada ao caso

Modelo que teria despertado ódio do atirador da Califórnia está "devastada" por ser associada ao caso

A jovem teria “provocado e ridicularizado” Elliot Rodger na época da escola

  • Internacional | Do R7

Monette Moio teria “provocado e ridicularizado” Elliot Rodger na época em que os dois se conheceram na escola

Monette Moio teria “provocado e ridicularizado” Elliot Rodger na época em que os dois se conheceram na escola

Reprodução/dailymail.co.uk

O jovem atirador que matou seis pessoas na Califórnia, na última sexta-feira (23), culpou, em um manifesto de 141 páginas, uma “bela garota loira” por seu ódio contra as mulheres. A garota seria a modelo Monette Moio, que teria “provocado e ridicularizado” Elliot Rodger na época em que os dois se conheceram na escola.

Monette está "absolutamente devastada" por ter seu nome associado ao crime, disse John Moio, o pai da jovem, ao jornal britânico Daily Mail.

"Ela tinha dez anos, pelo amor de Deus, ela mal se lembra dele, eles não se viram desde a escola. Ele é um sociopata", diz Moio.

— Ela está arrasada com isso tudo. É como se ela estivesse sendo culpada por essa terrível tragédia.

Câmera em loja flagra pânico provocado por atirador na Califórnia

Atirador de Santa Bárbara tinha manifesto de mais de 140 páginas sobre ódio por mulheres

O pai acrescentou que as alegações de Rodger eram impossíveis.

— Como é que uma menina de dez anos de idade intimida um menino de 12 anos? Minha filha não era uma valentona, ela é uma das pessoas mais doces que você poderia conhecer.

"Ele tinha uma paixão secreta por ela, mas ela não tinha ideia... Se você pensar sobre isso, ele poderia ter matado ela, ele poderia ter vindo atrás dela”, afirma Moio.

— Eu também sinto pena dele, porque ele obviamente não estava recebendo a ajuda adequada. Meu coração vai para as vítimas das famílias. Deus os abençoe.

Últimas