Internacional Morre jovem procurada por FBI após ameaças a Columbine 

Morre jovem procurada por FBI após ameaças a Columbine 

Sol Pais viajou de Miami para o Colorado e foi perseguida por autoridades; Ela estava obcecada por massacre, que completa 20 anos no sábado (20)

Morre jovem procurada por FBI após ameaças a Columbine

Jovem estava obcecada por massacre e foi investigada

Jovem estava obcecada por massacre e foi investigada

Reprodução/ Twitter @FBIDenver

Uma jovem, identificada como Sol Pais, de 18 anos, morreu após ser perseguida e investigada pelo FBI e autoridades de Denver após ameaçar escolas da região de Denver, incluindo Columbine. 

A adolescente estava obcecada pelo massacre, que completa 20 anos no sábado (20). Na terça-feira (16), as escolas da região tiveram que ser fechadas e liberar alunos aos poucos, enquanto a polícia e o FBI investigavam a natureza das ameaças.

O xerife do condado de Jefferson postou duas fotos de Sol nas redes sociais e confirmou que a jovem era a principal suspeita. Ela estava armada e foi considerada extremamente perigosa.

A caçada

Depois de identificada, começou uma intensa procura pela jovem no Colorado. Ela foi encontrada morta, com marcas de autoflagelo, segundo as autoridades locais.
Os investigadores encontraram o corpo de Sol perto da base do Monte Evans. As circunstâncias da morte ainda não foram divulgadas.

Cerca de 30 autoridades armadas, incluindo uma equipe da SWAT, foram vistas na região, segundo fontes locais.

Depois do fim da caçada, o FBI de Denver tweetou que não existiam mais ameaças a comunidade.

A suspeita

A jovem é natural da Florida e viajou de Miami para o Colorado, uma viagem de cerca de 30 horas. Na escola, ela estudava em turmas avançadas e tinha honras estudantis.

Colegas de classe contaram ao jornal Miami Herald que ficaram chocados com o comportamento de Sol e a descreveram como uma garota quieta.

Ela estava obcecada pelo massacre de Columbine e fazia parte de fóruns que discutiam sobre armas.

Os pais da jovem reportaram o sumiço dela na segunda-feira à noite. O jornal afirma que os policiais locais fizeram algumas descobertas estranhas no comportamento da jovem nas redes sociais e avisaram o FBI.